Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1102362
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Gado de Corte - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: SOUZA, A. F.
ROCHA JUNIOR, E. de O.
LAURA, V. A.
Additional Information: Anderson Fernandes Souza, Unidade Descentralizada de Nova Friburgo/Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca - CEFET-RJ; Elio de Oliveira Rocha Junior, Instituto de Biociências/Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS; VALDEMIR ANTONIO LAURA, CNPGC.
Title: Desenvolvimento inicial e eficiência de uso de água e nitrogênio por mudas de Calophyllum brasiliense, Eucalyptus urograndis, Tabebuia impetiginosa E Toona ciliata.
Publisher: Ciência Florestal, Santa Maria, v. 28, n. 4, p. 1465-1477, out.-dez., 2018
Language: pt_BR
Notes: Título em inglês: Early development and efficiency in water and nitrogen use by seedlings of Calophyllum brasiliense, Eucalyptus urograndis, Tabebuia impetiginosa AND Toona ciliata.
Keywords: Análise de crescimento
Consumo de água
Espécie florestal
Growth analysis
Water consumption
Forest species
Native species
Description: O conhecimento sobre o desenvolvimento inicial das mudas é fundamental para o sucesso de atividades de reflorestamento e de plantio em florestas naturais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento inicial e a eficiência de uso de água e nitrogênio por mudas de quatro espécies florestais nativas e exóticas (Calophyllum brasiliense (nativa), Eucalyptus urograndis (exótica), Toona ciliata (exótica) e Tabebuia impetiginosa (nativa)) com idade de aproximadamente 120 dias após a semeadura por 120 dias após o transplante em condições de casa de vegetação. Foram realizadas amostragens destrutivas para avaliar a biomassa seca (folha, caule, raiz e total), área foliar, relação raiz/parte aérea e nitrogênio total nas mudas. Com base nessas variáveis, foram calculados os parâmetros fisiológicos de crescimento e a eficiência de uso de água, que foi obtida pela razão entre o total de biomassa seca acumulada e a evapotranspiração dos vasos no período, determinada através de pesagens diárias em balança de bancada. Ao final de 240 dias após a semeadura, Calophyllum brasiliense e Tabebuia impetiginosa apresentaram maior produção de biomassa seca total e Toona ciliata apresentou maior relação raiz/parte aérea. Não houve diferenças entre a taxa de crescimento relativo das espécies avaliadas. Eucalyptus urograndis, Toona ciliata e Calophyllum brasiliense apresentaram os maiores valores de razão de área foliar, Toona ciliata, Tabebuia impetiginosa e Eucalyptus urograndis apresentaram os maiores valores de área foliar específica, Eucalyptus urograndis e Calophyllum brasiliense apresentam os maiores valores para razão de massa foliar e Tabebuia impetiginosa, Toona ciliata e Eucalyptus urograndis apresentaram os maiores valores de taxa de assimilação líquida. Com base na quantificação do nitrogênio total, Tabebuia impetiginosa e Toona ciliata foram as espécies mais eficientes no uso do nitrogênio. Eucalyptus urograndis apresentou a maior evapotranspiração enquanto Calophyllum brasiliense e Tabebuia impetiginosa foram as espécies mais eficientes no uso de água.
Thesagro: Espécie Nativa
Data Created: 2018-12-21
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPGC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Desenvolvimentoinicialeeficienciadeusodeagua.pdf599.74 kBAdobe PDFView/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace