Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1102407
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Gado de Corte - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SOUZA, J. da S.
DIFANTE, G. dos S.
GURGEL, A. L. C.
VERAS, E. L. L.
VILELA, I. M. M.
COSTA, A. B. G.
EMERENCIANO NETO, J. V.
MONTAGNER, D. B.
Additional Information: Joelma da Silva Souza, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG; Gelson dos Santos Difante, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS; Antonio Leandro Chaves Gurgel, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRGN; Emmanuel Lievio Lima Veras, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS; Iuri Mesquita Moraes Vilela, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS; Ana Beatriz Graciano Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRGN; João Virginio Emerenciano Neto, Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF; DENISE BAPTAGLIN MONTAGNER, CNPGC.
Title: Composição química dos componentes morfológicos do Capim-Massai manejado sob frequências e intensidades de pastejo.
Publisher: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 55.; CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA, 28., 2018, Goiânia. Construindo saberes, formando pessoas e transformando a produção animal: anais. Viçosa: Sociedade Brasileira de Zootecnia; Brasília, DF: Associação Brasileira de Zootecnistas.
Language: pt_BR
Description: A composição química das plantas forrageiras é, sem dúvida, um dos mais importantes fatores relacionados com a produção animal a ser obtida em condições de pastejo. As pastagens tropicais apresentam alto potencial de produção de massa de forragem, medidas de manejo para equacionar a oferta de forragem e seu valor nutritivo podem oferecer alimento de qualidade capaz de suprir as exigências do animal. O conhecimento da composição química da forragem oferecida e consumida pelo animal é de suma importância para obter elevados níveis de produção animal, além de auxiliar na tomada de decisão do melhor momento de inserir os animais no sistema de pastejo (Janusckiewicz et al., 2010). Entretanto, Van Soest. (1994) relata que a composição química varia com a espécie forrageira, parte da planta, época do ano, temperatura, fertilidade do solo e manejo adotado. Objetivou-se avaliar o efeito da frequência e da intensidade de pastejo na composição química dos componentes morfológicos do Panicum maximum cv. Massai.
Thesagro: Panicum Maximum
NAL Thesaurus: Crude protein
Grazing management
Data Created: 2018-12-21
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPGC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Composicaoquimicadoscomponentesmorfologicos.pdf329,16 kBAdobe PDFView/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace