Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1103093
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: MOREIRA, M. M. R.
NOVAES, R. M. L.
SCACHETTI, M. T.
CHAGAS, M. F.
SEABRA, J. E. A.
MATSUURA, M. I. da S. F.
RAMOS, N. P.
MORANDI, M. A. B.
BONOMI, A.
Additional Information: MARCELO MELO RAMALHO MOREIRA, Agroícone; RENAN MILAGRES LAGE NOVAES, CNPMA; MICHELLE TEREZA SCACHETTI; MATEUS FERREIRA CHAGAS, CTBE; JOAQUIM EUGENIO ABEL SEABRA, UNICAMP; MARILIA IEDA DA S F MATSUURA, CNPMA; NILZA PATRICIA RAMOS, CNPMA; MARCELO AUGUSTO BOECHAT MORANDI, CNPMA; ANTONIO BONOMI, CTBE.
Title: Proposta de contabilização da mudança de uso da terra na política nacional de biocombustíveis (RenovaBio).
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE GESTÃO DO CICLO DE VIDA, 6., 2018, Brasília, DF. Anais... Brasília, DF: Ibict, 2018.
Pages: p. 155-161.
Language: pt_BR
Keywords: Renovabio
Mudança de Uso da Terra
Gestão de Risco
iluc
Description: Resumo: A política nacional de biocombustíveis (RenovaBio) tem como objetivo promover a expansão dos biocombustíveis no Brasil a partir de modelos de produção mais sustentáveis, estimulando a redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE). A mudança de uso da terra (MUT) associada à produção de biomassa para biocombustíveis pode resultar em emissões significativas de GEE e não podem ser ignoradas. As três principais políticas internacionais para promoção de biocombustíveis tratam tais emissões por meio da contabilização da MUT direta e mecanismos de gestão de risco (EU-RED) ou pela estimativa de fatores da MUT indireta (iLUC; RFS e LCFS). Este trabalho tem como objetivo apresentar a proposta metodológica para a consideração de MUT no programa RenovaBio e as principais justificativas para sua opção em comparação com as outras alternativas disponíveis. As principais características observadas para o desenho e seleção da proposta foram: a- potencial de efetividade na mitigação de emissões de GEE associadas a MUT; b- nível de complexidade para implementação na primeira fase do programa; c- potenciais custos de certificação para as unidades produtoras; d- embasamento técnico-científico; e- sinergia com políticas e programas de uso da terra em vigor no Brasil e internacionais; e f- capacidade de cumprimento e assimilação pelo setor produtivo. A proposta consiste na adoção de mecanismos de gestão de risco no primeiro ciclo do RenovaBio através de critérios de elegibilidade ao programa com foco no controle da conversão direta de áreas de vegetação nativa e da expansão de biocombustíveis para áreas ambientalmente sensíveis através do alinhamento a políticas e instrumentos nacionais de ordenamento do uso da terra já vigentes, sem a necessidade de quantificação da MUT direta e indireta. No texto são apresentados os detalhes desses critérios, assim como as justificativas para sua adoção para assegurar a mitigação de emissões de GEE e promoção da sustentabilidade pelo RenovaBio.
Thesagro: Biocombustível
Uso da Terra
Impacto Ambiental
Efeito Estufa
NAL Thesaurus: Biofuels
Land use change
Life cycle assessment
Greenhouse gas emissions
Data Created: 2019-01-07
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPMA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018AA19.pdf8,41 MBAdobe PDFView/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace