Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1104080
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agrossilvipastoril - Capítulo em livro científico (ALICE)
Date Issued: 2019
Type of Material: Capítulo em livro científico (ALICE)
Authors: FERREIRA, A.
KAVASAKI, K. F. L.
PEREIRA, T. C. D.
ISERNHAGEN, I.
Additional Information: ANDERSON FERREIRA, CPAMT
INGO ISERNHAGEN, CPAMT.
KAYNARA FABÍOLA LIMA KAVASAKI, COLABORADORA DO CPAMT, Sinop, MT
TATIANA CAROLINE DIAS PEREIRA, UFMT, Sinop, MT
Title: Microbiologia de solos em modelos de restauração ecológica: biodiversidade e potencial biotecnológico.
Publisher: In: FARIAS NETO, A. L. de; NASCIMENTO, A. F. do; ROSSONI, A. L.; MAGALHÃES, C. A. de S.; ITUASSU, D. R.; HOOGERHEIDE, E. S. S.; IKEDA, F. S.; FERNANDES JUNIOR, F.; FARIA, G. R.; ISERNHAGEN, I.; VENDRUSCULO, L. G.; MORALES, M. M.; CARNEVALLI, R. A. (Ed.). Embrapa Agrossilvipastoril: primeiras contribuições para o desenvolvimento de uma agropecuária sustentável. Brasília, DF: Embrapa, 2019. pt. 7, cap. 5, p. 539-542.
Language: pt_BR
Keywords: Restauracao ecologica
Mato Grosso
Sinop-MT
Description: O uso inadequado dos recursos naturais advindo de atividades agrícolas intensivas pode provocar processo de degradação ambiental sem precedentes, podendo ocasionar o esgotamento dos recursos naturais e consequentemente a perda da biodiversidade. O Mato Grosso engloba parte dos biomas com incalculável valor de biodiversidade. O norte do estado é considerado uma região de ecótono entre os biomas Cerrado/Amazônia e se encontra na área de expansão da fronteira agrícola, o que pode provocar impactos ambientais negativos. Técnicas que minimizem o impacto decorrente do uso e manejo do solo vêm sendo estudadas e aplicadas para minimizar os efeitos da degradação ambiental, pois ela altera a produtividade biológica e afeta a sustentabilidade (Nunes et al. 2012). O estabelecimento de plantas e o consequente aumento da cobertura vegetal podem favorecer melhorias nas propriedades químicas, físicas e microbiológicas do solo (Veloso et al., 2010; Nunes et al., 2012; Araújo et al., 2013). Os microrganismos estão intimamente associados aos processos ecológicos do ambiente, recuperando formas de energia e nutrientes (Souza et al., 2013). Assim, apresentam grande potencial para serem utilizados como indicadores da qualidade do solo durante o processo de restauração ecológica, além do potencial de uso de suas características benéficas de forma a favorecer o estabelecimento e permanência da vegetação implantada. De acordo com DeGrood et al. (2005), para que projetos de restauração sejam eficientes devem estar associados a regeneração da comunidade microbiana. Assim, a proposta de estudar as comunidades fúngica e bacteriana do solo no ecótono Cerrado/Amazônia em modelos de restauração ecológica contribuirá para compreender as mudanças provocadas em seu habitat e o seu impacto nas propriedades do solo, visto que os microrganismos são parte integrante da sustentabilidade do meio ambiente, além de servir como indicador do potencial de uso, produtividade e sustentabilidade do ecossistema. Dessa forma, isolar, explorar e preservar a biodiversidade fúngica e bacteriana e entender como esses microrganismos respondem às alterações ambientais pode auxiliar no melhor entendimento deste nicho ecológico e dar suporte a pesquisas que visam a bioprospecção de microrganismos com potencial biotecnológico na área agrícola, além de servir como parâmetro para avaliar o progresso da restauração ecológica em cada estratégia utilizada.
Thesagro: Microbiologia
Microbiologia do Solo
Biodiversidade
Biotecnologia.
Data Created: 2019-01-14
Appears in Collections:Capítulo em livro científico (CPAMT)


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace