Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1104095
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agrossilvipastoril - Capítulo em livro científico (ALICE)
Date Issued: 2019
Type of Material: Capítulo em livro científico (ALICE)
Authors: FURTINI, I. V.
BRESEGHELLO, F.
CASTRO, A. P. de
Additional Information: ISABELA VOLPI FURTINI, CNPAF; FLAVIO BRESEGHELLO, CNPAF; ADRIANO PEREIRA DE CASTRO, CNPAF.
Title: Melhoramento de arroz de terras altas em Mato Grosso.
Publisher: In: FARIAS NETO, A. L. de; NASCIMENTO, A. F. do; ROSSONI, A. L.; MAGALHÃES, C. A. de S.; ITUASSU, D. R.; HOOGERHEIDE, E. S. S.; IKEDA, F. S.; FERNANDES JUNIOR, F.; FARIA, G. R.; ISERNHAGEN, I.; VENDRUSCULO, L. G.; MORALES, M. M.; CARNEVALLI, R. A. (Ed.). Embrapa Agrossilvipastoril: primeiras contribuições para o desenvolvimento de uma agropecuária sustentável. Brasília, DF: Embrapa, 2019. pt. 8, cap. 12, p. 609-618.
Language: pt_BR
Keywords: Arroz de terra alta
Mato Grosso
Sinop-MT
Sorriso-MT
Caceres-MT
Tangara da Serra-MT
Uniao do Sul-MT
Santa Carmem-MT
Sao Jose dos Quatro Marcos-MT
Alta Floresta-MT
Lucas do Rio Verde-MT
Description: O arroz é um dos cereais mais produzidos e consumidos no mundo, caracterizando-se como o principal alimento de mais da metade da população mundial (Oliveira Neto, 2015). No Brasil, são considerados dois grandes ecossistemas para a cultura do arroz, o irrigado e o de terras altas, responsáveis por aproximadamente 85% e 15% da produção nacional, respectivamente. Embora haja menor proporção do arroz de terras altas, esse sistema de cultivo apresenta grande potencial de expansão no país, principalmente na região do cerrado brasileiro, em rotação com soja e em renovação de pastagens. O arroz de terras altas pode ter um papel fundamental na geração de excedentes para exportação, em um possível cenário de aumento da demanda internacional de arroz (OECD-FAO, 2015). Para consolidar a competitividade do arroz de terras altas é necessário superar alguns desafios, como o aumento da capacidade produtiva aliada à precocidade; incremento da tolerância à deficiência hídrica e da resistência durável à brusone; melhorar a adaptação ao sistema plantio direto, incluindo a tolerância a herbicidas. Estas são ações indispensáveis para a inclusão do arroz de terras altas nas práticas de sucessão de culturas (Franchini et al., 2011). O melhoramento genético tem um papel essencial na viabilização dessa cultura, mediante o desenvolvimento de cultivares adaptadas para a região. Este trabalho, como qualquer outra atividade econômica, deve ser bem administrado, para que cada unidade de recurso investido resulte no máximo ganho possível. Qualquer programa de melhoramento deve ser submetido periodicamente à análise crítica com relação às suas contribuições e em busca de novas metodologias que possam melhorar a sua eficácia. Neste contexto, a estimativa do progresso genético é um dos principais parâmetros utilizados nessa análise (Abreu et al., 1994; Soares et al., 2005; Matos et al., 2007). Do exposto, os objetivos do presente trabalho foram descrever as principais atividades realizadas e avaliar os progressos obtidos pelo programa de melhoramento genético de arroz de terras altas da Embrapa no período de 2011 a 2017 no estado de Mato Grosso.
Thesagro: Melhoramento
Melhoramento Vegetal
Arroz
Data Created: 2019-01-15
Appears in Collections:Capítulo em livro científico (CPAMT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019cpamtagrossilvipastorilpart8cap12melhoramentoarrozterrasaltasmatogrossop609618.pdf584,34 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace