Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1104123
Title: Ações de transferência de tecnologia da Embrapa Agrossilvipastoril de 2009 a 2017.
Authors: FERNANDES JUNIOR, F.
DOMIT, L. A.
Affiliation: FLAVIO FERNANDES JUNIOR, CPAMT; LINEU ALBERTO DOMIT, SIRE.
Date Issued: 2019
Citation: In: FARIAS NETO, A. L. de; NASCIMENTO, A. F. do; ROSSONI, A. L.; MAGALHÃES, C. A. de S.; ITUASSU, D. R.; HOOGERHEIDE, E. S. S.; IKEDA, F. S.; FERNANDES JUNIOR, F.; FARIA, G. R.; ISERNHAGEN, I.; VENDRUSCULO, L. G.; MORALES, M. M.; CARNEVALLI, R. A. (Ed.). Embrapa Agrossilvipastoril: primeiras contribuições para o desenvolvimento de uma agropecuária sustentável. Brasília, DF: Embrapa, 2019. pt. 9, cap. 1, p. 643-645.
Description: Em 2009 quando os primeiros membros da recém fundada Embrapa Agrossilvipastoril iniciaram os trabalhos de reconhecimento por meio diálogos com as instituições do estado de Mato Grosso ligadas ao setor agropecuário, depararam-se com uma realidade que ia além dos horizontes amplamente conhecidos. O estado reconhecido pela pujança do agronegócio e economia de exportação, abrigava entre o seu universo de 188.560 propriedades rurais, aproximadamente 140.201 propriedades de base familiar, um expressivo e inquietante número, que representava 74,35 % dos estabelecimentos rurais do estado, dos quais 50.155 de agricultores tradicionais e 90.046 de assentados da reforma agrária. E nesse contingente de pequenos agricultores, encontravam-se latentes grandes desafios e também um grande potencial produtivo, capaz de contribuir de forma expressiva para os problemas de abastecimento e geração de renda no estado. As cadeias prioritárias para os agricultores familiares do estado haviam sido sistematizadas pela Secretaria de Agricultura Familiar e pela EMPAER e eram elas, fruticultura, bovinocultura de leite, mandiocultura, piscicultura, apicultura, olericultura e SAFs e o maior gargalo identificado para o apoio aos agricultores familiares de Mato Grosso era e continua sendo a assistência técnica e extensão rural, a qual enfrentava problemas estruturais e dificuldades para promover a atualização técnica dos profissionais e a manutenção do quadro capacitado devidamente para os desafio de novas frentes de atuação que não a soja, o milho e o gado de corte. Assim com base nesse cenário a Embrapa Agrossilvipastoril e parceiros organizaram e implantaram um amplo programa transferência de tecnologia por meio da capacitação continuada e sistêmica dos agentes de ATER atuantes no estado. Os objetivos do programa que visam capacitar os profissionais de ATER, vão além do treinamento direto e buscam promover a formação de uma massa crítica atuante e integrada em cada cadeia, para que se possa com isso apoiar desenvolvimento rural sustentável. Isso é feito por meio da integração da Embrapa à várias instituições e empresas do setor público e privado que tenham objetivos comuns em torno da agricultura familiar. Essa integração proporciona uma leitura o mais fiel possível do cenário em que está inserida a agricultura familiar de Mato Grosso e possibilita que a Embrapa organize e oriente suas ações para esse segmento ampliando o potencial de impacto.
Thesagro: Transferência de Tecnologia
Mercado Produtor
Pequeno Produtor
Capacitação
Cadeia Produtiva
Assistência Técnica
Keywords: Mato Grosso
Sinop-MT
Language: pt_BR
Type of Material: Parte de livro
Access: openAccess
Appears in Collections:Capítulo em livro científico (CPAMT)


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace