Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1107300
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: DUTRA, M. de S.
MAGALHÃES, Y. A.
GONÇALVES, J. de L.
MARTINS, F. E. B.
COSTA, H. H. A.
MELO, J. C. R.
BOMFIM, M. A. D.
Additional Information: MIKAELLE DE SOUSA DUTRA; YARA ARRUDA MAGALHÃES; JULIETE DE LIMA GONÇALVES; FRANCISCA ERLANE BRITO MARTINS; HÉLIO HENRIQUE ARAÚJO COSTA; JOHN CLAY RODRIGUES MELO; MARCO AURELIO DELMONDES BOMFIM, CNPC.
Title: Consumo e digestibilidade da proteína bruta por pequenos ruminantes alimentados com pasto nativo da Caatinga do estrato herbáceo ou arbóreo.
Publisher: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 12., 2017, Juazeiro, BA. Construindo pontes entre o ensino, a pesquisa e a extensão: anais. Petrolina: Univasf: Embrapa Semiárido: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, Sertão de Pernambuco, 2017. 1 CD-ROM. p. 957-958.
Language: pt_BR
Keywords: Feno pasto nativo
Native pasture hay
Description: Resumo: Alternativas para diminuir o déficit de alimentos em períodos de escassez ao longo do ano, como conservação de forragens, e.g. fenação, quando a biomassa forrageira da Caatinga é abundante e de elevada qualidade nutritiva, favorece o aproveitamento da disponibilidade dos nutrientes para pequenos ruminantes. Assim, objetivou-se avaliar se o fornecimento de tipos de fenos, confeccionados a partir do estrato herbáceo da Caatinga e um outro somente de sabiá melhora o consumo e a digestibilidade da proteína bruta em pequenos ruminantes. Dez caprinos (n=10, 37,3±4,03 kg de peso vivo) e dez ovinos (n=10, 40,3±4,28 kg de peso vivo), machos, inteiros, e 18 meses de idade foram utilizados, e distribuídos em um delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 2 x 2 (duas espécies animais, caprino e ovino x dois tipos de feno, a partir de estrato herbáceo e de sabiá). Um ensaio de digestibilidade in vivo foi conduzido para obter o consumo e o coeficiente digestibilidade aparente da proteína bruta. Não foi observado interação para tipo de feno x espécie animal no consumo de PB (CPB, g/dia) e coeficiente de digestibilidade (P>0,05), exceto, quando o CPB foi expresso em g/kgPV0,75 e %PV (P<0,05) Para o tipo de feno, verificou-se maior CPB em g/kgPV0,75 e %PV para feno de sabiá. Para espécies, houve maior CPB por ovinos comparados aos caprinos. Por outro lado, maior coeficiente de digestibilidade da PB foi verificado por caprinos. O tipo de feno não afeta a digestibilidade da proteína bruta. Ovinos apresentam maior capacidade de consumo, contudo, caprinos são mais hábeis no aproveitamento das frações proteicas. [Intake and digestibility of crude protein for small ruminants fed with native Caatinga pasture of the herbaceous layer or arborea]. Abstract: As an alternative to reduce the food deficit in times of scarcity throughout the year, forage conservation strategies, e.g. fenação, especially when the Caatinga forage biomass is abundant and of high nutritional quality. This favors the use of nutrient availability, notably crude protein in diets for small ruminants. This way, the objective of this study was to evaluate the effect of hay supply of the herbaceous stratum of Caatinga and sabiá in small ruminants on consumption and digestibility of crude protein. Ten goats (n = 10, 37.3 ± 4.03 kg live weight) and ten sheep (n = 10, 40.3 ± 4.28 kg live weight), male, whole, and 18 months of age were used. The animals were distributed in a completely randomized design, in a 2 x 2 factorial scheme (two animal species, goat and sheep x two types of hay, from herbaceous stratum and sabiá). An in vivo digestibility assay was performed to determine the consumption and apparent digestibility coefficients of crude protein. No interaction was observed for type of hay x animal species in CP consumption (CPC, g / day) and digestibility coefficient (P> 0.05), except, when CPC was expressed in g / kgPV0.75 and % PV (P> 0.05), except, when CPC was expressed in g / kgPV0.75 and % PV (P <0.05). Considering the type of hay, it was observed higher CPC in g/kgPV0.75 and %PV for sabiá hay. For species, there was higher CPC per sheep compared to goats. However, there was a higher digestibility coefficient of CP in goats than sheep.
Thesagro: Caprino
Ovino
Nutrição Animal
Alimento Para Animal
Pastagem Nativa
NAL Thesaurus: Goats
Sheep feeding
Brazil
Semiarid soils
Forage
Data Created: 2019-03-20
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CNPC2017Consumodigestibilidade.pdf125,4 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace