Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1108176
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2015
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: AMARAL JUNIOR, J. M. do
MORAIS, E. de
SILVA, B. A. da
NAHUM, B. de S.
BEZERRA, A. S.
MARTORANO, L. G.
SILVA, A. G. M. e.
Additional Information: João Maria do Amaral Júnior, Doutorando UFPA/UFRA/Embrapa Amazônia Oriental; Eziquiel de Morais, Doutorando UFPA/UFRA/Embrapa Amazônia Oriental; Bruna Almeida da Silva, Doutorando UFPA/UFRA/Embrapa Amazônia Oriental; BENJAMIM DE SOUZA NAHUM, CPATU; Andréia Santana Bezerra, GRADUANDA UFRA; LUCIETA GUERREIRO MARTORANO, CPATU; André Guimarães Maciel e Silva, UFPA.
Title: Comportamento ingestivo de fêmeas bubalinas suplementadas com torta de palmiste sob condições térmico-hídricas na Amazônia Oriental.
Publisher: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 52., 2015, Belo Horizonte. Zootecnia: otimizando recursos e potencialidades: anais. Brasília, DF: Sociedade Brasileira de Zootecnia, 2015.
Language: pt_BR
Description: O objetivo do trabalho foi avaliar a influência da suplementação no comportamento ingestivo de fêmeas bubalinas em pastejo. Foram utilizadas 24 fêmeas com idade e peso médio iniciais de 54 meses e 503,1 kg, respectivamente, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e seis repetições por tratamento. As observações foram realizadas nos dias 01 e 02/05/2014 com suplementação diária, tendo como base a torta de palmiste, onde os tratamentos foram definidos em relação do peso corporal, ou seja, 0% (controle); 0,25%; 0,5% e 1,0%. Os animais receberam a suplementação uma vez por dia, em cocho individual. As búfalas foram colocadas em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Marandu em sistema de pastejo rotacionado com livre acesso ao suplemento mineral e água. As observações referentes ao comportamento animal foram feitas de forma visual, pelo método de varredura instantânea com intervalos de cinco minutos, durante 24 horas de avaliação. As variáveis comportamentais foram: Tempo pastejando; Tempo de ruminação; Tempo em ócio. Houve efeito significativo para a variável tempo de pastejo, o tratamento com o nível de inclusão de 0,25% do peso corporal diferiu dos demais tratamentos.
Thesagro: Búfalo
Pastejo
Pastejo Rotativo
Data Created: 2019-04-12
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
r05582.pdf130,52 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace