Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1111228
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLIMA, C. B. DEeng
dc.contributor.authorSILVA, F. F. DAeng
dc.contributor.authorGRÜTZMACHER, A. D.eng
dc.contributor.authorPAZINI, J. DE B.eng
dc.contributor.authorROSA, A. P. S. A. daeng
dc.contributor.authorMARTINS, J. F. da S.eng
dc.contributor.otherCRISLAINE BARCELLOS DE LIMA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS; FERNANDO FELISBERTO DA SILVA, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA; ANDERSON DIONEI GRÜTZMACHER, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS; JULIANO DE BASTOS PAZINI, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS; ANA PAULA SCHNEID AFONSO DA ROSA, CPACT; JOSE FRANCISCO DA SILVA MARTINS, CPACT.eng
dc.date.accessioned2019-08-10T00:53:58Z-
dc.date.available2019-08-10T00:53:58Z-
dc.date.created2019-08-09
dc.date.issued2019
dc.identifier.other21244
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1111228-
dc.descriptionCultivares resistentes a insetos são essenciais à melhoria do manejo de pragas como Oryzophagus oryzae (Coleoptera: Curculionidae), altamente prejudicial à cultura do arroz irrigado por inundação. O grau de benefício, porém, depende do tipo de resistência. Objetivou-se avaliar cultivares de arroz quanto à resistência a O. oryzae, inferindo sobre efeitos de antixenose e antibiose no desenvolvimento de larvas e adultos. Em condições naturais de infestação, instalou-se um experimento bienal em delineamento de quadrado latino, com seis tratamentos (cultivares) e parcelas de 30 plantas (cinco linhas de seis plantas equidistantes 20 cm) irrigadas com lâmina de água de 15 cm. Por meio de amostras-padrão de solo, plantas e raízes, foram avaliados o número e peso de larvas por classe de tamanho, bem como o número, peso, taxa de emergência e razão sexual de adultos. Exceto para a razão sexual, as cultivares diferiram (p ≤ 0,05) quanto às demais variáveis, cuja relação evidenciou efeitos de antibiose à fase larval e possibilitou concluir que: a cultivar BRS Firmeza possui resistência a O. oryzae por efeitos de antixenose e/ou antibiose; BRS Ligeirinho é suscetível, abrigando alta população larval e propiciando melhor desenvolvimento de larvas e adultos; e IRGA 417 possui resistência do tipo antibiose, que restringe a taxa de emergência de adultos. O peso de adultos atribui maior precisão à avaliação de efeitos prejudiciais de cultivares de arroz ao desenvolvimento de O. oryzae.eng
dc.description.uribitstream/item/200525/1/Desenvolvimento-de-Oryzophagus-oryzae-Costa-Lima-em-cultivares-de-arroz.pdf
dc.languageeneng
dc.language.isoengeng
dc.publisherPesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 49, e53397, 2019.eng
dc.relation.ispartofEmbrapa Clima Temperado - Artigo em periódico indexado (ALICE)eng
dc.titleDevelopment of Oryzophagus oryzae (Costa Lima) in rice cultivars. Desenvolvimento de Oryzophagus oryzae (Costa Lima) em cultivares de arroz.eng
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)eng
dc.date.updated2019-08-21T11:11:11Z
dc.subject.thesagroArrozeng
dc.subject.thesagroGorgulhoeng
dc.subject.thesagroArroz Irrigadoeng
dc.subject.thesagroPragaeng
dc.subject.thesagroPraga de Plantaeng
dc.ainfo.id1111228eng
dc.ainfo.lastupdate2019-08-21 -03:00:00
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPACT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DesenvolvimentodeOryzophagusoryzaeCostaLimaemcultivaresdearroz.pdf223,09 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace