Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1112297
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: PIMENTEL, M. S.
MARTORANO, L. G.
MARTINS, A. C. C. T.
WATRIN, O. dos S.
PONTES, A. N.
BARBOSA, A. M. da S.
MORAES, J. R. da S. C. de
APARECIDO, L. E. de O.
Additional Information: Muller Silva Pimentel, UEPA; LUCIETA GUERREIRO MARTORANO, CPATU; Ana Cláudia Caldeira Tavares Martins, UEPA; ORLANDO DOS SANTOS WATRIN, CPATU; Altem Nascimento Pontes, UEPA; Aline Michelle da Silva Barbosa, Universidade Estadual Paulista; José Reinaldo da Silva Cabral de Moraes, Universidade Estadual Paulista; Lucas Eduardo de Oliveira Aparecido, Instituto Federal do Mato Grosso do Sul.
Title: Expressões fenológicas de palmeiras em coleções botânicas associadas às condições pluviais na Floresta Tapajós.
Publisher: Revista Ibero Americana de Ciências Ambientais, v. 9, n. 5, p. 39-50, 2018.
Language: pt_BR
Keywords: Palmeira
Description: A família Arecaceae está incluída nas hiperdominâncias no bioma Amazônia, tendo muitas espécies de interesse às populações locais. Objetivou-se avaliar registros fenológicos herborizados de palmeiras associados à precipitação pluvial na Flona Tapajós e seu entorno. Dados nos herbários da Embrapa Amazônia Oriental (IAN/EMBRAPA) e do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) foram contabilizados avaliando informações fenológicas de Arecaceae. Também, foram avaliados dados pluviais disponíveis de Belterra, Santarém e Rurópolis. Foram contabilizados os dados pluviais e avaliados com base nas datas de floração e/ou frutificação, descrita nos registros dos herbários. Também, avaliou-se o total pluvial nos dois meses anteriores, como indicativo do volume hídrico, nas áreas de ocorrência das palmeiras. Foram encontradas 34 espécies com predominância dos gêneros Bactris, Geonoma e Oenocarpus, sendo que o Oenocarpus bataua Mart. (patauá) apresentou a maior frequência, nos registros. A floração e/ou frutificação predominou no mês de novembro. No trimestre menos pluvioso (agosto a outubro) as chuvas foram inferiores a 50 mm, indicando que essa expressão fenológica no mês que inicia o período de chuvas esparsas na região apresenta-se como estratégia de perpetuação das espécies analisadas e conclui-se que em materiais botânicos herborizados é possível avaliar respostas à condições climáticas na Amazônia.
Thesagro: Floresta Tropical
Precipitação Pluvial
Floração
Chuva
NAL Thesaurus: Amazonia
Arecaceae
Data Created: 2019-09-18
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RICA20193.pdf1,38 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace