Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1113438
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2019
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SOUSA, J. B. S. de
SOARES, M. H. M.
PEREIRA, L. G.
PEREIRA, N. C.
RUSCHEL, A. R.
Additional Information: Jeisiane Brenda Soares de Sousa, GRADUANDA UEPA; MARCIO HOFMANN MOTA SOARES, CPATU; Lucas Guimarães Pereira, PÓS-GRADUANDO UFLA; Nathália Cardoso Pereira, GRADUANDA UFRA; ADEMIR ROBERTO RUSCHEL, CPATU.
Title: Estabelecimento inicial de Hymenaea courbaril L. e Parkia multijuga Benth em um trecho de mata ciliar no município de Terra Alta, PA.
Publisher: In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 23., 2019, Belém, PA. Anais. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2019.
Pages: p. 228-234.
Language: pt_BR
Keywords: Manejo de ecossistemas
Restauração florestal
Resiliência
Description: A degradação de matas ciliares e escassez de recursos hídricos estão diretamente ligadas à necessidade de restauração florestal deste ecossistema, principalmente no que se refere à escolha de espécies florestais à propagação. Este trabalho objetivou avaliar a sobrevivência de Hymenaea courbaril L. (jatobá) e Parkia multijuga Benth (fava-arara-tucupi) sobre três formas de propagação vegetativa em um trecho de mata ciliar no município de Terra Alta, PA. A área de estudo localiza-se no campo experimental da Embrapa Amazônia Oriental, no município de Terra Alta, no nordeste paraense na Bacia Hidrográfica do Marapanim. Para o presente estudo foram considerados 370 e 231 propágulos de H. courbaril e P. multijuga 77 dias pós plantio, respectivamente, em três arranjos, sendo: 08 parcelas (0, 26 ha), 06 linhas (0,25 ha) e 04 clareiras (0, 20 ha), com 05 repetições por cova de ambas as espécies e realização de desbaste, sendo avaliada Taxa de sobrevivência (Tx S%). Foi possível verificarmos que H. courbaril e P. multijuga apresentaram germinação igual a 61% e 38%, respectivamente e taxas de sobrevivência de 100% para mudas e raízes nuas. Ambas as espécies conseguiram se estabelecer inicialmente com excelentes taxas de sobrevivência para mudas e raízes nuas, entretanto, houve a germinação baixa das espécies na semeadura direta, sendo necesssários tratamentos silviculturais futuros, para garantir o vigor das mudas.
Thesagro: Hymenaea Courbaril
Parkia Multijuga
Mata Ciliar
Data Created: 2019-10-24
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PIBIC2019229235.pdf372,62 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace