Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1123126
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Caprinos e Ovinos - Texto para Discussão (ALICE)
Date Issued: 2020
Type of Material: Texto para Discussão (ALICE)
Authors: OLIVEIRA, L. S.
Additional Information: LEANDRO SILVA OLIVEIRA, CNPC.
Title: Características e sustentabilidade de sistemas de produção de caprinos leiteiros no Nordeste do Brasil.
Publisher: 2020.
Pages: 159 f.
Language: Portugues
Notes: Tese (Doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal. Orientadora: Izabelle Auxiliadora Molina de Almeida Teixeira; Coorientador: Bruno Biagioli.
Keywords: Caprinocultura leiteira
Análise multivariada
Sustentabilidade
Tipologia
Região Nordeste
Brasil
MESMIS
Household agriculture
Multivariate analyzes
Sustainability
Typology
Smallholders
Description: Resumo: Objetivou-se caracterizar a diversidade socioeconômica, produtiva e estrutural e avaliar a sustentabilidade nas dimensões econômica, social e ambiental de sistemas de produção de caprinos nas principais regiões produtoras de leite dos estados da Paraíba e de Pernambuco. Foram realizados dois estudos: 1 - Tipologia de sistemas de produção de caprinos leiteiros em região semiárida do Brasil e 2 - Sustentabilidade de sistemas de produção de caprinos leiteiros em região semiárida do Brasil. Os estudos foram realizados em área que abrange as microrregiões do Cariri Ocidental e Oriental da Paraíba, Pajeú, Sertão do Moxotó, Vale do Ipojuca e Vale do Ipanema de Pernambuco. No primeiro estudo, realizou-se a tipologia de 554 propriedades de caprinos leiteiros por meio de informações coletadas por entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados pelas Análises de Correspondência Múltipla e de Agrupamento em sequência, que evidenciaram três grupos de propriedades: Grupo I com 212, o Grupo ll com 152 e o Grupo lll com 190 propriedades. O Grupo I teve tamanho intermediário de propriedade (32 ha), menor número de produtores proprietários (38,2%) e menores áreas de palma forrageira (46,7%), rebanhos de bovinos e aves e renda de outras atividades econômicas não agrícolas. O Grupo ll teve o menor tamanho de propriedades (8,6 ha), com 62,5% dos produtores proprietários, menores efetivos de ruminantes e forte presença da área de palma forrageira. O Grupo lll apresentou maiores tamanho de propriedade (35,5 ha), presença de bovinos e ovinos e produção diária de leite caprino. O programa governamental foi o principal comprador de leite caprino de todos os grupos. Os três grupos de propriedades apresentaram diversificação nos aspectos socioeconômicos, estruturais e produtivos, porém com características semelhantes na comercialização dos principais produtos da caprinocultura. No segundo estudo, avaliou-se a sustentabilidade nas dimensões ambiental, econômica e social de 18 sistemas de produção de caprinos leiteiros nos estados da Paraíba e de Pernambuco, pertencentes aos três grupos de propriedades identificados no primeiro estudo. Utilizou-se o Marco para Avaliação de Sistemas de Manejo dos Recursos Naturais Incorporando Indicadores de Sustentabilidade - MESMIS, que possibilitou a identificação de pontos críticos, e posteriormente a seleção de 22 indicadores classificados em sete atributos de sustentabilidade: produtividade, estabilidade, resiliência, confiança, adaptabilidade, equidade e autossuficiência. Os indicadores foram padronizados e apresentados em escala de 0 a 100%, interpretados em três faixas em função de ações necessárias para melhoria: 1 - não foram necessárias ações de melhorias (?75 a 100%); 2 - são necessárias ações de melhoria de curto e médio prazos (?50 a 75%) e 3 - são necessárias ações corretivas imediatas e representam estado crítico dos sistemas de produção (<50%). Independentemente dos grupos, a maioria dos indicadores ficou na faixa que necessita de ações de melhorias de curto a médio prazo. O indicador mercado para lácteos caprinos foi o mais crítico, ficando na faixa que necessita de ações corretivas imediatas. A avaliação de sustentabilidade por intermédio da MESMIS forneceu informações relevantes para os sistemas de produção de caprinos leiteiros, identificando pontos críticos que deverão ser melhorados para o alcance da sustentabilidade dentro dos parâmetros selecionados. Abstract: The present dissertation aimed to characterize the socioeconomic, productivity, and structural diversity by evaluating the sustainability in the economic, social, and environmental dimensions of dairy goat production systems in the main goat milk producing regions of Paraíba and Pernambuco states. Two studies were carried out: 1 - Typology of dairy goat production systems in semi-arid region of Brazil; and 2- Sustainability of dairy goat production systems in semi-arid region of Brazil. These studies were carried out in an area that encompasses the Paraíba?s microregions of Cariri Ocidental and Cariri Oriental, and Pernambuco?s microregions of Pajeú, Sertão do Moxotó, Vale do Ipojuca, and Vale de Ipanema. In the first study, a typology of 554 dairy goat farms was carried out through information collected by semi-structure interview. Data were analyzed by Multiple Correspondence Analysis (MCA) and Hierarchical Analysis (CA) in sequence, that showed three groups of farms: Group I had 212 farms, Group II had 152 farms, and Group III had 190 farms. Group I had intermediate farm size (32 ha), smallest frequency of farmers who own their own land (38.2%), smaller areas of spineless cacti plantation (46.7%), cattle and poultry herds, and income from other off-farm activities. Group ll had the smallest farm size (8.6 ha), 62.5% of farmers who own their own land, smallest ruminant herds and greater areas of spineless cacti plantation. Group lll had the largest farm size (35.5 ha), the largest presence of cattle and sheep, and the highest daily goat milk production. Government program was the main goat milk customer for all the three presented groups of farms. The three presented groups of farms had diverse socioeconomic, structural, and productive aspects, however, they had similar characteristics in the commercialization of the main goat products. In the second study, 18 dairy goat farms, from the three identified groups of farms from the first study, were evaluated for sustainability in the environmental, economic and social dimensions. The Framework for Evaluation of Natural Resource Management Systems Incorporating Sustainability Indicators (MESMIS) was used to identify critical points and later selection of 22 indicators, classified into seven sustainability attributes (productivity, stability, resilience, confidence, adaptability, equity, and self-sufficiency). The indicators were standardized in a scale from 0 to 100% and interpreted in three ranges according to actions needed to improve them. Range 1 - no improvement actions were required (?75 to 100%), range 2 - short- and medium-term improvement actions (?50 to 75%), and range 3 - immediate corrective actions are required and represent critical state of production systems (<50%). Goat dairy market indicator was most critical, keeping in the range requiring immediate corrective action. The sustainability assessment through MESMIS provided relevant information for dairy goat production systems, identifying critical points that should be improved to achieve sustainability within the selected parameters.
Thesagro: Agricultura Familiar
Desenvolvimento Rural
Sistema de Produção
Produção Leiteira
Leite de Cabra
NAL Thesaurus: Socioeconomic development
Rural and Agricultural Sociology
Family farms
Economic indicators
Semiarid soils
Brazil
Data Created: 2020-06-08
Appears in Collections:Texto para Discussão (CNPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CNPC-2020-Caracteristicas.pdf2.87 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace