Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1136001
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorWENDLING, I. J.
dc.contributor.authorOLIVEIRA, M. F. de
dc.contributor.authorPEZZOPANE, J. E. M.
dc.contributor.authorPACIULLO, D. S. C.
dc.contributor.authorALMEIDA JÚNIOR, G. A. de
dc.contributor.authorCOSTA, M. T. de A.
dc.contributor.authorSALOMÃO, G. D.
dc.contributor.authorALVES, C. S.
dc.contributor.authorDIAS, L. Z.
dc.contributor.authorREIS, E. A. B.
dc.date.accessioned2021-11-11T02:18:08Z-
dc.date.available2021-11-11T02:18:08Z-
dc.date.created2021-11-10
dc.date.issued2021
dc.identifier.citationIn: GONÇALVES, F. G.; CALDEIRA, M. V. W.; SILVA, G. F. da; SOUZA, G. S. de (org.). Sistemas integrados de produção: pesquisa, desenvolvimento e tecnologias. Guarujá: Científica Rural, 2021.
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1136001-
dc.descriptionA degradação de pastagens constitui um entrave ao desenvolvimento econômico da região central-sul capixaba, marcada por topografia acidentada, solos de baixa fertilidade natural e produtores descapitalizados. Além dos problemas econômicos, a degradação de pastagens resulta em graves prejuízos para o meio ambiente e para a sociedade de modo geral. Os sistemas silvipastoris são opções interessantes para recuperar pastagens degradadas e manter a sustentabilidade da pecuária, especialmente em áreas declivosas sujeitas aos processos de erosão. O eucalipto é a espécie arbórea mais utilizada em sistemas silvipastoris no Brasil, porém os resíduos vegetais depositados no solo pelo eucalipto são pobres em nutrientes, principalmente N, P e K. Nestas condições, as produtividades da pecuária passam a depender da aplicação de fertilizantes químicos, com restrições de uso devido aos elevados custos dos fertilizantes e dificuldade operacional para a aplicação, especialmente em áreas montanhosas de alta declividade. O uso de leguminosas arbóreas com alta capacidade de fixação de N atmosférico pode ser uma opção interessante para a pecuária bovina em regiões montanhosas, marcadas pela baixa fertilidade natura do solo e pecuaristas descapitalizados.
dc.languagePortugues
dc.language.isopt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectDegradação
dc.subjectSustentabilidade
dc.subjectPasto
dc.subjectConsórcio
dc.titleSistemas silvipastoris: uma alternativa viável para áreas montanhosas do Espírito Santo.
dc.typeParte de livro
dc.subject.thesagroLeguminosa
dc.subject.thesagroManejo
dc.subject.thesagroPastagem
dc.subject.thesagroPecuária
dc.subject.thesagroÁrvore
dc.subject.thesagroAnimal
dc.format.extent2p. 184-216.
riaa.ainfo.id1136001
riaa.ainfo.lastupdate2021-11-10
dc.identifier.doihttps://dx.doi.org/10.37885/210906095
dc.contributor.institutionIVAN JANNOTTI WENDLING; MAURILIO FERNANDES DE OLIVEIRA, CNPMS; JOSÉ EDUARDO MACEDO PEZZOPANE; DOMINGOS SAVIO CAMPOS PACIULLO, CNPGL; GERCÍLIO ALVES DE ALMEIDA JÚNIOR; MARCO TÚLIO DE ALMEIDA COSTA; GABRIEL DELABELA SALOMÃO; CLAUDIONES SÉRGIO ALVES; LUCAS ZAMPIROLLI DIAS; ELLENA APARECIDA BELONI REIS.
Appears in Collections:Capítulo em livro científico (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sistemas-silvipastoris.pdf1,82 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace