Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1138877
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBOIT, L. I. M. da
dc.contributor.authorSOUZA, E. F. S.
dc.contributor.authorBARRETO, G. U.
dc.contributor.authorOLIVEIRA, R. C. de
dc.contributor.authorMORALES, M. M.
dc.contributor.authorBEHLING, M.
dc.date.accessioned2022-01-07T18:00:34Z-
dc.date.available2022-01-07T18:00:34Z-
dc.date.created2022-01-07
dc.date.issued2021
dc.identifier.citationIn: ENCONTRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIAS AGROSSUSTENTÁVEIS, 5.; JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA AGROSSILVIPASTORIL, 10., 2021. Sinop. Resumos... Brasília, DF: Embrapa, 2021. p. 22.
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1138877-
dc.descriptionNa integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) o manejo de desbaste das árvores é adotado para agregar valor ao componente florestal e para minimizar a competição e favorecer os efeitos sinérgicos para o sistema. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da ILPF e do desbaste das árvores sobre o crescimento e produção de madeira do eucalipto (clone H13). Cinco sistemas de ILPF com diferentes regimes de desbastes (épocas e intensidades diferentes de desbaste seletivo e sistemático) foram comparados ao plantio homogêneo de eucalipto com desbastes seletivos no quinto e oitavo ano. Os efeitos dos tratamentos foram desdobrados através de contrastes e teste de Tukey, a 5% de probabilidade e o efeito do tempo através dos ajustes dos modelos de crescimento sigmoidais. Os sistemas ILPF proporcionaram maior crescimento e produção individual das árvores, em função da menor densidade de árvores em comparação ao plantio homogêneo. Consequentemente a produção total de madeira por hectare foi menor nos sistemas integrados. As diferenças observadas dentro dos sistemas integrados são decorrentes do manejo de desbaste realizados, como a época, intensidade e tipo (seletivo ou sistemático). Os sistemas ILPF-S4 e ILPF-S5 que sofreram desbaste das linhas laterais no quarto e quinto ano, respectivamente, tiveram maior crescimento em DAP em função da menor competição entre as árvores, quando comparados ao ILPF-S8, que no quinto ano recebeu desbaste seletivo de 50% das árvores e somente no oitavo ano teve as linhas laterais desbastadas. O sistema integrado com maior número de árvores remanescentes após o manejo de desbastes (IPF-T) apresentou a maior produção de madeira, o equivalente a 57% da madeira remanescente no plantio homogêneo. O modelo logístico com três parâmetros descreve melhor a resposta dos tratamentos em função da idade do eucalipto para as variáveis DAP e altura (R² > 0,9), enquanto o modelo de Gompertz com quatro parâmetros o volume individual com casca (R² > 0,9).
dc.languagePortugues
dc.language.isopt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectSistema integrado de produção
dc.subjectILPF
dc.subjectIntegração lavoura-pecuária-floresta
dc.subjectSistema agrossilvipastoril
dc.titleEfeito da iLPF e do desbaste das árvores sobre o crescimento e produção do eucalipto.
dc.typeResumo em anais e proceedings
dc.subject.thesagroDiversificação de Cultura
dc.subject.thesagroAgrossilvicultura
dc.subject.thesagroEucalyptus Grandis
dc.subject.thesagroÁrvore
dc.subject.thesagroDesbaste
dc.subject.thesagroSistema de Produção
riaa.ainfo.id1138877
riaa.ainfo.lastupdate2022-01-07
dc.contributor.institutionLISSANDRA ISABELA MOMOLI DA BOIT, UFMT, Sinop-MT; EMANUELLA FARIAS SANTOS SOUZA, UFMT, Sinop-MT; GERSON UVIDA BARRETO, UFMT, Sinop-MT; RENATO CAMPOS DE OLIVEIRA, UFMT, Sinop-MT; MARINA MOURA MORALES, CNPF; MAUREL BEHLING, CPAMT.
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CPAMT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021-cpamt-mb-efeito-ilpf-desbaste-avore-crescimento-producao-eucalipto-p-22.pdf348,67 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace