Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/12947
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Meio Ambiente - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 1996
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: NASCIMENTO, M. L.
CAPALBO, D. M. F.
MORAES, G. J.
NARDO, E. A. B. de
LUIZ, A. J. B.
Additional Information: EMBRAPA-CNPMA
DEISE MARIA FONTANA CAPALBO, CNPMA
Gilberto José Moraes, Embrapa Meio Ambiente
E. A. B. de NARDO, Embrapa Meio Ambiente
ALFREDO JOSE BARRETO LUIZ, CNPMA.
Title: Avaliação do efeito de um produto a base de Bacillus thuringiensis sobre o predador Podisus nigrispinus.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE CONTROLE BIOLÓGICO, 5., 1996, Foz do Iguaçu, PR. Anais: sessão de posters. Londrina: EMBRAPA-CNPSo/COBRAFI, 1996. p.295.
Language: pt_BR
Description: Os produtos a base de B. thuringiensis tem sido largamente empregados no controle de inúmeras pragas. Na área florestal, milhares de hectares são pulverizados por ano no Brasil para controle de surtos de lepidópteros desfolhadores. Poucos são os estudos sobre o efeito do B. thuringiensis em artrópodes benéficos. O objetivo deste estudo foi avaliar, sob condições de laboratório, o efeito de um formulado a base de B. thuringiensis var. kurstaki (Btk) sobre o predador P. nigrispinus. O experimento constitui-se de dois tratamentos: no primeiro, os predadores foram diariamente alimentados com lagartas de Bombyx mori infectadas com o formulado de Btk na dose 100 vezes maior que a recomendada; no segundo (controle) os predadores foram alimentados com lagartas sadias. O experimento iniciou-se com 50 ninfas de primeiro instar para cada tratamento. A partir do segundo instar, ate a fase adulta, P. nigrispinus alimentados com lagartas infectadas apresentaram menor sobrevivência que aqueles alimentados com lagartas sadias (teste t, ao nível de 5%). Também houve uma redução significativa no numero médio de ovos postos por fêmeas adultas alimentadas com lagartas infectadas em relação as alimentadas com lagartas sadias. Os resultados indicaram efeito adverso do formulado sobre a população de P. nigrispinus, porem esses estudos não são suficientes para concluir sobre a existência de risco ambiental da utilização deste produto. Testes complementares são necessários para se avaliar a persistência, multiplicação e disseminação do agente de controle no ambiente, como também a identificação do componente do produto que induziu os danos. Não se espera, a priori, que os efeitos observados ocorram sob condições de campo, onde os predadores poderão se alimentar tanto de lagartas sadias quanto de infectadas.
Thesagro: Bactéria
Controle Biológico
Data Created: 1998-06-30
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPMA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NascimentoAvaliacao.pdf43,58 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace