Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/152791
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2002
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: HAJI, F. N. P.
MOREIRA, A. N.
ALENCAR, J. A. de
MOREIRA, F. R. B.
PREZOTTI, L.
Additional Information: JOSE ADALBERTO DE ALENCAR, CPATSA
FRANCISCA NEMAURA PEDROSA HAJI, CPATSA
FLAVIA RABELO BARBOSA MOREIRA, CNPAF.
Title: Ocorrência e caracterização dos danos de Erosomyia mangiferae na cultura da manga do Submédio do Vale do São Francisco.
Publisher: In: O AGRONEGÓCIO manga: produção e mercado. Vitória da Conquista: Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, DFZ, 2002. 1 CD-ROM.
Language: pt_BR
Notes: Coordenado por Abel Rebouças São José, Tiyoko Nair Hojo Rebouças, Daniel Nieto Angel, Ivan Vilas Bôas Souza, Nilma Oliveira Dias, Marinês Pereira Bomfim. Trabalhos apresentados no I Simpósio Latino Americano sobre Produção de Manga, 1999, Vitória da Conquista, BA.
Keywords: Cultivo
Submédio São Francisco.
Description: A alteração no agroecossistema da mangueira, provocada pela expansão das áreas cultivadas na região do Submédio do Vale do São Francisco, tem propiciado condições favoráveis aos problemas fitossanitários, como o surgimento de novas pragas. Em meados de 1993, em um pomar comercial de mangueira, no município de Petrolina-PE, constatou-se a ocorrência de um pequeno díptero atacando os ponteiros e a panícula floral da mangueira identificado como Erosomyia mangiferae Felt (Diptera, Cecidomyiidae). Esta praga foi constatada atacando os tecidos tenros da planta, tais como: brotações e folhas novas, panícula floral e frutos do estádio de "chumbinho". Nas brotações e no eixo da inflorescêcia, observam-se pequenos orifícios, através dos quais há formação de galerias que se tornam necrosadas, apresentando, posteriormente, uma exsudação principalmente nas brotações. Nas folhas novas, ocorrem numerosas pontuações esbranquiçadas, contendo as larvas em seu interior. Estas pontuações, após a saída das larvas, tornam-se escuras e necrosadas, podendo ser facilmente confundidas com manchas fúngicas. Em consequência do ataque no eixo da inflorescência, a panícula floral apresenta uma curvatura de fácil visualização na planta, que caracteriza a presença dessa praga na cultura. Além do ataque no eixo da inflorescência, que pode ocasionar a perda total da panícula floral, E. mangiferae pode, também, danificar individualmente os botóes florais e os frutos recém-formados, provocando a queda dos mesmos.
Thesagro: Dano
Erosomyia Mangiferae
Manga
Praga.
Data Created: 2004-03-10
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OPB780.pdf61,14 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace