Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/154308
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorARAUJO, J. L. P.por
dc.contributor.authorARAÚJO, E. P.por
dc.contributor.authorCORREIA, R. C.por
dc.contributor.otherJOSE LINCOLN PINHEIRO ARAUJO, CPATSA; REBERT COELHO CORREIA, CPATSA.por
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpor
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpor
dc.date.created2004-09-07por
dc.date.issued2004por
dc.identifier.other29969por
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/154308por
dc.descriptionA região do Submédio São Francisco é atualmente o terceiro maior pólo de produção de melão do país, com uma área plantada de cerca de 2,5 mil hectares, concentrados principalmente nos municípios de Petrolina, Pernambuco e juazeiro, Bahia. O Submédio São Francisco foi até a década de 80 a zona de maior produção de melão do país, entretanto, como as grandes empresas passaram a cultivar outras frutas de maior atrativo de mercado, o melão foi gradativamente perdendo importância econômica e hoje é cultivado basicamente por produtores familiares assentados nas áreas de colonização dos perímetros públicos de irrigação. Atualmente, motivados pelo crescimento significativo do mercado de produtos orgânicos, os produtores de melão da região estão aderindo a esse processo de cultivo como alternativa para tornar a exploração mais rentável. Considerando que a produção de melão orgânico ainda está em processo de formação na região em análise, torna-se necessário a realização de estudos que revelem o comportamento de seus custos e a rentabilidade da sua exploração. Este trabalho teve como objetivo analisar os custos de produção e a rentabilidade do sistema de cultivo do melão orgânico na região do Submédio São Francisco. Os dados foram levantados nas unidades produtivas das áreas de colonização dos perímetros irrigados da região que produzem o melão orgânico e para a determinação da viabilidade econômica da exploração utilizou-se o método de orçamentos de custos e receitas. Os resultados ondicaram que em um hectare de produção comercial de melão orgânico, onde são produzidos cerca de 20.000 kg de frutos, são gastos R$ 6.034,93 com a produção. Como o preço médio anual de um quilo de melão orgânico na região está em torno de R$ 0,45 o produtor obtém com a venda de um hectare da fruta em análise uma margem líquida de R$ 2.965,07 e uma relação benefício custo de R$ 1,49.por
dc.description.uribitstream/CPATSA/29969/1/OPB202.pdfpor
dc.format1 CD-ROM.por
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherIn: ENCONTRO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO, 6., 2004, Aracaju, SE. Anais... Aracaju: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2004.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectMelão orgânicopor
dc.subjectProdução irrigadapor
dc.subjectBrasilpor
dc.subjectSubmédio São Franciscopor
dc.subjectMelon.por
dc.titleEstudo da composição dos custos e da viabilidade econômica do sistema de produção do melão orgânico na região do Submédio São Francisco.por
dc.typeArtigo em anais de congresso (ALICE)por
dc.date.updated2013-07-01T11:11:11Zpor
dc.subject.thesagroMelãopor
dc.subject.thesagroAgricultura Familiarpor
dc.subject.thesagroCustopor
dc.subject.thesagroMercadopor
dc.subject.thesagroRentabilidade.por
dc.ainfo.id154308por
dc.ainfo.lastupdate2013-07-01por
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OPB202.pdf282,09 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace