Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/156048
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2005
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: DIAS, R. de C. S.
JESUS, C. M. de
PAIVA, W. O. de
BUSO, J. A.
QUEIROZ, M. A. de
COSTA, N. D.
FARIA, C. M. B. de
Additional Information: RITA DE CASSIA SOUZA DIAS, CPATSA
CLEMENTINO MARCOS BATISTA FARIA, CPATSA.
NIVALDO DUARTE COSTA, CPATSA
MANOEL ABÍLIO DE QUEIROZ, CPATSA
Title: Reação de genótipos de melão a patógenos do solo em condições de infestação natural do Vale do São Francisco.
Publisher: Horticultura Brasileira, Brasília, DF, v. 23, n. 2, ago. 2005.
Language: pt_BR
Notes: Suplemento. Edição dos resumos expandidos do 45. Congresso Brasileiro de Olericultura; 15. Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais; 2. Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas, Fortaleza, ago. 2005.
Keywords: Infestação natural
Reação de genótipo
Vale do São Francisco.
Description: Avaliou-se a reação de genótipos de melão do tipo amarelo a Didymella bryoniae e Macrophomina phaseolina, em condições de campo, do qual foi obtido, em anos anteriores, agressivos isolados destes fungos. O ensaio foi sob fertirrigação, com delineamento experimental de blocos ao acaso, sendo 26 genótipos e quatro repetições, na Estação Experimental de Bebedouro, em Petrolina-PE, durante o período de setembro a dezembro de2004, sem nenhuma aplicação de fungicida. Utilizou-se uma escala de notas (1= sadias, sem nenhuma lesão ou descoloração; 5= severos cancros, exudados no colo e ramos até morte da planta) e foram obtidas diferenças significativas entre os genótipos avaliados: 58% suscetíveis (os dois híbridos comerciais, AF-682 e Frevo, estão incluídos neste grupo), 34% com moderadas lesões e 8% resistentes. Nas condições epidemiológicas do ensaio, apesar de que todas as linhagens segregaram para resistência às doenças, os tratamentos 2, 3 6, 14, 23 e 26 tiveram os melhores desempenhos, apresentando entre 33 a 46% das plantas com o mínimo de lesões, sendo necessário continuar o programa de seleção para resistência aos referidos patógenos do solo.
Thesagro: Melão
Patógeno
Solo
Macrophomina Phaseolina.
Didymella bryoniae
Data Created: 2005-10-05
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OPB865.pdf82,87 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace