Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/156297
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorHAJI, F. N. P.
dc.contributor.authorLOPES, P. R. C.
dc.contributor.authorASSIS, J. S. de
dc.contributor.authorSANTOS, F. C. dos
dc.contributor.authorSANTOS, C. A. P. dos
dc.contributor.authorSILVA, V. C. M. da
dc.date.accessioned2018-07-26T01:00:22Z-
dc.date.available2018-07-26T01:00:22Z-
dc.date.created2005-10-21
dc.date.issued2005
dc.identifier.citationIn: SEMINÁRIO BRASILEIRO DE PRODUÇÃO INTEGRADA DE FRUTAS, 7., 2005, Fortaleza. Programa e resumos... Fortaleza: Embrapa Agroindústria Tropical, 2005. p. 216.
dc.identifier.issn1677-1915
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/156297-
dc.descriptionA Produção Integrada de Uvas Finas de Mesa (PI-Uva), implantada em 2000, no Submédio do Vale do São Francisco, tem impulsionado o desenvolvimento do agronegócio regional, agregado valor às exportações e possibilitado a conquista e permanência no mercado, sendo esta região responsável por, aproximadamente, 95% das exportações do Brasil. Este sistema agrícola, promotor do manejo sustentável dos recursos naturais, de adesão voluntária, tem a parceria de instituições públicas e privadas, o envolvimento direto e ativo dos produtores e conta atualmente, com a participação de 161 empresas, das quais seis, obtiveram o certificado de conformidade. A área total é 3679,40 ha, correspondentes a 35 % da área total cultivada com uvas finas de mesa, no pólo Petrolina-PE/Juazeiro-BA Desde a implantação da PI-Uva foram realizados cursos sobre monitoramento de pragas, capacitação de técnicos em PI-Uva, totalizando 2133 técnicos, entre agrônomos, técnicos agrícolas, produtores e estudantes e dois cursos sobre avaliação da conformidade, para agrônomos, atuarem como especialistas junto aos Organismos de Avaliação da Conformidade. Com a PI-Uva, processo que permite a sustentabilidade, a rastreabilidade, a certificação da conformidade e a obtenção do selo de qualidade, esta região passou a produzir uvas de alta qualidade, isentas de resíduos tóxicos, aumentando as chances de concorrer com maior competitividade nos principais mercados nacional e internacional, não registrando nenhum impacto negativo ao meio ambiente, quando comparada com o sistema agrícola tradicional. Os impactos mais significativos da PI-Uva correspondem à racionalização do uso de agrotóxicos e de outros insumos, a conservação da capacidade produtiva do solo e o uso dos recursos naturais. Nas áreas de PI-Uva, a redução média do uso de agrotóxicos, nos anos de 2002, 2003 e 2004, foi respectivamente, 47,5%, 55,6% e 82,75%. Entre as comodities agrícolas, no segmento fruticultura, a uva sob o sistema de produção integrada destaca-se por contribuir na formação do PIB e seus impactos sobre outros setores da economia, sendo crescente o reconhecimento e o interesse dos produtores na adoção deste novo sistema agrícola de produção.
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofseries(Embrapa Agroindústria Tropical. Documentos, 99).
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectUva fina de mesa
dc.subjectCompetitividade
dc.titleProdução integrada de uvas finas de mesa: passaporte para a competitividade das exportações.
dc.typeArtigo em anais e proceedings
dc.date.updated2018-07-26T01:00:22Zpt_BR
dc.subject.thesagroExportação
dc.subject.thesagroProdução Integrada
dc.subject.thesagroUva
dc.subject.thesagroUva Itália
dc.subject.nalthesaurusGrapes
dc.subject.nalthesaurusVitis
dc.subject.nalthesaurusFruit crops
riaa.ainfo.id156297
riaa.ainfo.lastupdate2018-07-25
dc.contributor.institutionFRANCISCA NEMAURA PEDROSA HAJI, CPATSA; PAULO ROBERTO COELHO LOPES, CPATSA; JOSTON SIMÃO DE ASSIS, CPATSA.
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
322941p.216.pdf642,73 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace