Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/15787
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2008
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: COSTA, L. B.
MORANDI, M. A. B.
SANTOS, E. R. dos
MORAIS, P.
SILVA, C. E. O. da
Additional Information: Lúcio Bertoldo Costa, Bolsista-Embrapa Meio Ambiente; MARCELO AUGUSTO BOECHAT MORANDI, CNPMA; ELEN RIBEIRO DOS SANTOS AGOSTINI, CNPMA; Priscila Morais, Estagiária-Embrapa Meio Ambiente; Carlos Eduardo Oliveira da Silva, Estagiário-Embrapa Meio Ambiente.
Title: Crescimento de isolados de coniothyrium minitans em diferentes temperaturas.
Publisher: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2., 2008, Campinas. Anais... Campinas: ITAL: IAC; Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2008. 8p. CD-ROM.
Language: pt_BR
Description: O mofo-branco causado por Sclerotinia slerotiorum é uma das doenças mais destrutivas do feijoeiro. Agentes de controle biológico (ACB) vêm sendo usados com sucesso para o controle do patógeno em diversos países. Entre estes, Coniothyrium minitans tem se destacado. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da temperatura sobre o crescimento de isolados do antagonista. O experimento foi composto de 15 isolados de C. minitans e cinco temperaturas (15, 20, 25, 30 e 35ºC) em câmaras de crescimento na ausência de luz. Foram feitas quatro repetições para cada isolado e temperatura, sendo cada repetição composta por uma placa de Petri. Os diâmetros da colônia no sentido transversal e longitudinal de crescimento foram medidos após 4, 7, 11, 14 e 19 dias, quando as primeiras repetições atingiram o crescimento máximo. O efeito da temperatura sobre o crescimento radial dos isolados de C. minitans foi semelhante. A temperatura ideal de crescimento variou de 18 a 19ºC para todos isolados e nas temperaturas de 30 e 35ºC não houve crescimento. Ainda não existem estudos acerca da utilização do antagonista em condições brasileiras. Essa espécie é resistente à decomposição por luz, porém é sensível a altas temperaturas, como verificado. Portanto, C. minitans tem potencial para ser usado nos cultivos de outono-inverno no Centro-sul do Brasil, onde as temperaturas são mais amenas. Os isolados de C. minitans serão avaliados quanto à capacidade parasítica de escleródios e apotécios do patógeno em condições de campo em cultivos de feijão de outono-inverno.
Thesagro: Controle biológico
Mofo Branco.
Data Created: 2009-01-06
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPMA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008AA073.pdf218,41 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace