Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/159203
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2007
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: SANTOS, C. A. F.
OLIVEIRA, V. R. de
KIILL, L. H. P.
SA, I. B.
Additional Information: CARLOS ANTONIO FERNANDES SANTOS, CPATSA; VISELDO RIBEIRO DE OLIVEIRA, CPATSA; LUCIA HELENA PIEDADE KIILL, CPATSA; IEDO BEZERRA SA, CPATSA.
Title: Variabilidade genética, com base em marcadores RAPD, de três espécies arbóreas ameaçadas de extinção no semi-árido brasileiro.
Publisher: Scientia Forestalis, Piracicaba, n. 74, p. 37-44, jun. 2007.
Language: pt_BR
Keywords: Umburana-de-cheiro
Variabilidade genética
MDS
Zoneamento agroecológico
Marcador
RAPD
Preservação
Amburana cearensis
Nordeste
Semi-Árido
Recursos naturais
Planta da Caatinga.
Description: A pressão sobre os recursos genéticos do bioma caatinga é bastante acentuada seja devido às condições sócio-econômicas dos habitantes, seja devido à pressão para o estabelecimento de atividades produtivas. O objetivo deste trabalho foi estudar a dispersão da variabilidade genética no Semi-Árido brasileiro para as espécies umburana-de-cheiro Amburana cearensis (Fr. Allem.) A.C. Smith), aroeira (Myracrodruon urundeuva M. Allem.) e baraúna (Schinopsis brasiliensis Engl.), com base no marcador de DNA tipo RAPD, para subsidiar estratégias de prospecção e preservação da variabilidade genética das mesmas. Foram analisados 29 indivíduos de umburana-de-cheiro, coletados em cinco diferentes regiões, e 52 indivíduos para aroeira e para baraúna, coletados em 11 ecorregiões definidas pelo Zoneamento Agroecológico do Nordeste, adotando-se para visualização de grupos o procedimento multidimensional ?scaling? (MDS), considerando a matriz de dissimilaridade do coeficiente de Jaccard. Diante das dificuldades para amostragem dos indivíduos, sugere-se que os esforços para estratégias de preservação devam priorizar, numa escala decrescente de importância, a umburana-de-cheiro, a aroeira e a baraúna. Os resultados obtidos para as três espécies sugerem que os indivíduos apresentam diferenças no padrão de bandas em função da região de amostragem, tendo ocorrido à formação de agrupamentos relacionados com o local de amostragem, e que a variabilidade genética destas espécies não está uniformemente distribuída por todo o semi-árido brasileiro. Sugere-se estratégias que resultem no estabelecimento de um maior número de áreas de proteção ambiental para conservação in situ ou amostragens de um grande número de indivíduos para conservação ex situ, em diferentes Unidades de Paisagens do Zoneamento Agroecológico do Nordeste, para preservação da variabilidade genética das três espécies.
Thesagro: Baraúna
Aroeira
DNA
Myracrodruon Urundeuva
Schinopsis Brasiliensis.
Data Created: 2007-07-24
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OPB1330.pdf661,83 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace