Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/159368
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2007
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: CUNHA, T. J. F.
BASSOI, L. H.
RIBEIRO, P. R. de A.
SIMÕES, M. L.
MARTIN NETO, L.
PETRERE, V. G.
SANTANA, R. O. de
Additional Information: TONY JARBAS FERREIRA CUNHA, CPATSA
VANDERLISE GIONGO PETRERE, CPATSA.
LUIS HENRIQUE BASSOI, CPATSA
Title: Características espectroscópicas de ácidos húmicos provenientes de fontes comerciais, em solo fertirrigado, no Vale do São Francisco.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 31., 2007, Gramado. Conquistas e desafios da ciência do solo brasileira: anais. Porto Alegre: SBCS, 2007.
Language: pt_BR
Keywords: Vale do São Francisco.
Description: No Vale do São Francisco, a utilização de ácidos orgânicos na agricultura irrigada vem despertando o interesse de produtores. Entretanto, não são conhecidas as possíveis modificações que possam estar ocorrendo nas caracteristicas das substâncias húmicas do solo quando são aplicados ácidos orgânicos associados à fertilização mineral. O objetivo deste trabalho foi avaliar e caracterizar as mudanças qualitativas nos ácidos húmicos extraídos de solo fertirrigado com diferentes fontes de fertilizantes minerais e esterco, associados à aplicação de ácidos orgânicos comerciais na cultura da goiabeira. Os tratamentos foram: F- fertirrigação mineral; FE - fertirrigação mineral + esterco; FH -fertirrigação mineral + ácidos orgânicos; FEH -fertirrigação mineral + esterco + ácidos orgânico; e R -referência (sem aplicação dos tratamentos). Para análise de ácidos húmicos foram coletadas amostras de solos de 0-20 cm em todos os tratamentos. Os dados obtidos por meio da espectroscopia FTIR sugerem uma mistura de caracteristicas aromático-alifáticas, uma grande quantidade de grupos carboxílicos e um menor número de grupos nitrogenados para os ácidos húmicos de FEH e FE. Os ácidos húmicos do grupo F foram caracterizados por apresentarem um maior conteúdo de componentes nitrogenados, e um menor conteúdo de grupos carboxílicos e fenólicos, demonstrando que, qualitativamente, os ácidos húmicos F são menos reativos do que os dos grupos FE e FEH, e que o N é parte importante da estruturas dos ácidos húmicos do grupo F. Entre os ácidos húmicos F e FEH, o índice de reatividade observado foi relativamente maior para o FEH, demonstrando que estes ácidos húmicos são os mais reativos. O uso associado de ácidos orgânicos com fertilização mineral e esterco favoreceu a formação de ácidos húmicos mais estáveis e evoluídos
Thesagro: Ácido Orgânico
Fertirrigação
Solo.
Data Created: 2007-08-22
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OPB1409.pdf108,68 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace