Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/162154
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2007
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: ARAUJO, J. L. P.
SILVA, A. F.
SANTANA, L. M. de
FRANÇA. C. R. S.
Additional Information: JOSE LINCOLN PINHEIRO ARAUJO, CPATSA; ALINEAUREA FLORENTINO SILVA, CPATSA; Luiz Manuel de Santana, CODEVASF; Carla Regina Regis Silva França, UPE/FFPP.
Title: Desempenho econômico de horta agroecológica em comunidade rural do semi-árido.
Publisher: Horticultura Brasileira, Brasília, DF, v. 25, n. 1, ago. 2007.
Language: pt_BR
Notes: Edição dos Anais do 47. Congresso Brasileiro de Olericultura; 4. Simpósio Brasileiro sobre Cucurbitáceas, Porto Seguro, ago. 2007.
Keywords: Horta comunitária
Produto agroecológico
Sistema agroecológico
Garden.
Description: O estudo teve como objetivo avaliar o comportamento econômico de uma horta comunitária explorada através do sistema agroecológico, localizada na comunidade rural de Cacimba do Baltazar, no Semi-Árido pernambucano. Todo o trabalho de implantação e condução da horta foi feita de forma participativa, com cada família cultivando sete canteiros de 6m x 1m e a produção obtida foi contabilizada para determinação da análise de viabilidade econômica. O coentro foi a cultura que alcançou o melhor desempenho econômico com uma cifra de R$ 5,90/M² de canteiro cultivado, seguida da alface, também com uma boa performance (R$3,98 /M²). Apesar da tomate e cenoura serem as culturas que obtiveram os piores desempenhos econômicos e produtivos, ainda estão na lista das espécies de interesse de cultivo, devido a grande demanda.
Thesagro: Horta
Agricultura Familiar
Rentabilidade.
Data Created: 2008-02-22
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OPB1651.pdf98,04 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace