Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/162543
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2007
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: MERLO, F. A.
SILVA, A. G. M. e
BORGES, I.
NEIVA, J. N.
RODRIGUEZ, N. M.
SALIBA, E. de O. S.
MORAES, S. A. de
ASSIS, B. S. de
ROSA, P. R. da
LIMA, D. de
MAGALHÂES JUNIOR, L. L. de
Additional Information: FERNANDA ALBUQUERQUE MERLO, UFMG; ANDRÉ GUIMARÃES MACIEL E SILVA, UFPA; IRAN BORGES, UFMG; JOSÉ NEUMAN NEIVA, UFTO; NORBERTO MARIO RODRIGUEZ5, UFMG; ELOISA DE OLIVEIRA SIMÕES SALIBA, UFMG; SALETE ALVES DE MORAES, CPATSA; BIANCA SERIDAN DE ASSIS, UFMG; PATRICIA R. DA ROSA, UFCE; DIANA DE LIMA, UFCE; LECY LOPES DE MAGALHÃES JUNIOR, UFMG.
Title: Valor nutritivo do farelo de coco em ovinos: digestibilidade aparente da matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta e extrato etéreo.
Publisher: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE CAPRINOS E OVINOS DE CORTE, 3., 2007, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SEBRAE-PB: EMEPA-PB, 2007.
Language: pt_BR
Keywords: Alimentação animal
Cocus nucifera
Nutrição Ruminante
Subproduto tifton-85.
Description: Com o objetivo de avaliar o valor nutritivo do farelo de coco (Cocus nucifera) foi determinado o coeficiente de digestibilidade aparente da matéria seca (DMS), matéria orgânica (DMO), proteína bruta (DPB) e extrato etéreo (DEE) em borregos deslanados alojados em gaiolas metabólicas providas de separadores de fezes e urina recebendo feno de tifton-85 e níveis crescentes de farelo de coco nos níveis de zero, oito, 17 e 25% de farelo de coco com base na matéria natural, em um esquema inteiramente ao acaso com quatro tratamentos (nível de farelo de coco) e seis repetições (borregos) por tratamento perfazendo um total de 24 observações, empregando o método SNK a 5% de probabilidade para comparação das médias. Não houve efeito do nível de inclusão do farelo de coco sobre o coeficiente de digestibilidade da MS, MO e PB, no entanto houve efeito sobre o coeficiente de digestibilidade do EE com a inclusão do farelo de coco. As regressões detectaram efeito quadrático do nível de farelo de coco sobre a DEE, sendo que com 19,20% de inclusão de farelo de coco, pela derivação da equação, haveria o maior coeficiente de digestibilidade do extrato etéreo. Concluiu-se que o nível de inclusão de farelo de coco até não influenciou os coeficientes de digestibilidade da matéria seca, matéria orgânica e proteína bruta, elevando da DEE, sedo que recomenda-se a inclusão máxima de 19,20% de farelo de coco em dietas para borregos visando maximização da digestibilidade do extrato etéreo.
Thesagro: Coco
Digestibilidade
Farelo
Ovino.
NAL Thesaurus: Animal production.
Data Created: 2008-04-09
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OPB1763.pdf62,91 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace