Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/277388
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCARVALHO, M. da C. S.por
dc.contributor.otherMaria da Conceição Santana Carvalho, Embrapa Algodão.por
dc.date.accessioned2011-04-09T13:51:44Z-
dc.date.available2011-04-09T13:51:44Z-
dc.date.created2008-04-16por
dc.date.issued2007por
dc.identifier.other21031por
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/277388por
dc.descriptionCom os objetivos de avaliar a resposta do algodoeiro a fontes, doses e modos de aplicação de zinco (Zn) e estudar o efeito residual da aplicação de zinco a lanço, conduziu-se um experimento de campo durante as safras 2003/04, 2004/05 e 2005/06, na área experimental da Embrapa Algodão/Fundação GO, em Santa Helena de Goiás. O teor de Zn3 (Mehlich 1). Os medido no solo antes da calagem (pH CaCl2 = 5,4) foi 1,1 mg/dm tratamentos foram distribuídos no campo em esquema fatorial 4x3+1+1, sendo quatro doses de zinco (5, 10, 15 e 20 kg/ha) combinadas com três fontes (óxido de zinco, sulfato de zinco e zincogran) mais um tratamento testemunha (sem zinco) e outro com duas pulverizações foliares com sulfato de zinco a 0,5%, durante o florescimento. Nas condições desse estudo, não há resposta do algodoeiro em produtividade à aplicação de zinco, tanto foliar como via solo, independentemente da fonte usada. A adubação corretiva apresenta efeito residual demonstrado pelo aumento dos teores de Zn no solo e na folha do algodoeiro até o terceiro cultivo, embora não tenha havido efeito na produtividade. As análises de solo e de folhas são eficientes para detectar alterações na disponibilidade de Zn para o algodoeiro.por
dc.description.uribitstream/CNPA/21031/1/1132007001_rbof113121-1292007.pdfpor
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherRevista Brasileira de Oleaginosas e Fibrosas, v.11, n.3, p.121-129, set./dez. 2007.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Algodão - Artigo em periódico indexado (ALICE)por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectMicronutrientes.por
dc.titleResposta do algodoeiro a fontes, doses e modos de aplicação de zinco no cerrado.por
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)por
dc.date.updated2011-04-10T11:11:11Zpor
dc.subject.thesagroAdubaçãopor
dc.subject.thesagroGossypium Hirsutum.por
dc.ainfo.id277388por
dc.ainfo.lastupdate2008-10-29por
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1132007001rbof1131211292007.pdf748,7 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace