Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/277395
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLUZ, M. J. da S. ept_BR
dc.contributor.authorSANTANA, J. C. de F.pt_BR
dc.contributor.authorSANTOS, J. W. dospt_BR
dc.contributor.authorBEZERRA, J. R. C.pt_BR
dc.contributor.authorANDRADE, J. E. O. dept_BR
dc.date.accessioned2011-04-09T13:51:52Z-
dc.date.available2011-04-09T13:51:52Z-
dc.date.created2008-04-16pt_BR
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.citationRevista Brasileira de Oleaginosas e Fibrosas, v.11, n.3, p.185-193, set./dez. 2007.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/277395pt_BR
dc.descriptionO objetivo deste trabalho foi determinar o efeito de diferentes doses de uréia sobre as características da fibra da cultivar de algodoeiro BRS 201 em regime de irrigação e as correlações existentes entre elas. O trabalho foi conduzido no Campo Experimental da Embrapa, no município de Barbalha-CE, em 2006, cuja classificação climática é do tipo C S 'a', em um solo classificado como franco - argiloso e de fertilidade média. O delineamento 1 2 experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições e seis tratamentos ( 0, 60, -1 120, 180, 240 e300 kg de N.ha , naforma de uréia). Airrigação foi efetuada pormeio de sistema de irrigação por aspersão convencional em linha. A análise da fibra foi realizada na Coteminas de Campina Grande, PB. Os resultados obtidos foram submetidos à análise de correlação, considerando-se apenas as correlações com valores absolutos acima de 0,50. Não se observou efeito das doses de nitrogênio sobre a qualidade da fibra da cultivar de algodoeiro testada. Verificou-se correlação positiva entre o conteúdo de pó e a percentagem de material não fibroso, entre o conteúdo de pó e o conteúdo de impurezas, entre o conteúdo de impurezas e a percentagem de material não fibroso, entre o índice de fiabilidade e o comprimento e entre a maturidade eo índice micronaire. Correlação negativa foi detectada entre a maturidade e o alongamento, entre o índice micronaire e o conteúdo de fibras imatura se entre a resistência e comprimento. Os elevados valores obtidos para comprimento comercial da fibra, uniformidadede comprimento de fibra, maturidade, resistência e fiabilidade possibilitarão bom desempenho da fibra da cultivar BRS201 nos diversos processos têxteis. O baixo conteúdo de neps, pó, impurezas e material não fibroso evidencia que, com a colheita manual, é possível a obtenção algodão de fibra com tipos especiais.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectGossipyum hirsutumpt_BR
dc.subjectCorrelaçãopt_BR
dc.subjectCaracterísticas intrínsecas da fibrapt_BR
dc.subjectCaracterísticas extrínsecas da fibrapt_BR
dc.titleAssociação entre variáveis relacionadas à qualidade da fibra de algodoeiro irrigado submetido a diferentes doses de uréia.pt_BR
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.date.updated2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
riaa.ainfo.id277395pt_BR
riaa.ainfo.lastupdate2008-10-29pt_BR
dc.contributor.institutionMaria José da Silva e Luz, Embrapa Algodão; João Cecílio de Farias Santana, Pesquisador aposentado da Embrapa Algodão; José Wellingthon dos Santos, Embrapa Algodão; José Renato Cortêz Bezerra, Embrapa Algodão; José Edilson Oliveira de Andrade Técnico Têxtil da Coteminas S/A Campina Grande PB.pt_BR
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1132007007rbof1131851932007.pdf746,34 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace