Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/403254
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLEDO, A. da S.por
dc.contributor.authorLAMEIRA, O. A.por
dc.contributor.authorBENBADIS, A. K.por
dc.contributor.authorMENEZES, I. C. depor
dc.contributor.authorOLIVEIRA, M. do S. P. depor
dc.contributor.authorLEDO, C. A. da S.por
dc.contributor.otherANA DA SILVA LEDO, CPAF-AC; OSMAR ALVES LAMEIRA, CPATU; ABDLATIFF K. BENBADIS, UFC; ILMARINA CAMPOS DE MENEZES, CPATU; MARIA DO SOCORRO P DE OLIVEIRA, CPATU; CARLOS ALBERTO DA SILVA LEDO, DOUTORANDO UFLA.por
dc.date.accessioned2016-09-19T19:39:48Z-
dc.date.available2016-09-19T19:39:48Z-
dc.date.created2003-07-21por
dc.date.issued2001por
dc.identifier.other32496por
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/403254por
dc.descriptionO objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficiência da adição de antioxidantes no meio de cultura e o efeito nos estádios de desenvolvimento de inflorescências de açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.), sobre a intensidade de oxidação de explantes cultivados in vitro. As atividades foram realizadas no Laboratório de Recursos Genéticos e Biotecnologia da Embrapa Amazônia Oriental. Belém (PA). Os segmentos de ráquilas, obtidos de inflorescências de açaizeiro previamente desinfestadas, foram inoculados em tubos de ensaio contendo meio de cultura de MS (Murashige & Skoog. 1962), sólido e líquido, com 3 % de sacarose, suplementado com diferentes antioxidantes. As culturas foram mantidas em sala de crescimento sob ausência total de luz. Aos 15 dias após a inoculação, foram avaliados a intensidade de oxidação e o número de explantes contaminados. Os segmentos de ráquilas obtidos de inflorescências jovens, em meio MS sólido suplementado com os diversos antioxidantes testados, apresentaram menor intensidade de oxidação. Entretanto, os segmentos de ráquilas de inflorescências maduras somente alcançaram menor oxidação quando inoculados cm meio MS solid° suplementado com 0,3 % de carv5o ativado, tanto na presença quanto na ausência de ácido ascórbico. Os demais antioxidantes quando associados ao meio MS líquido não apresentaram um efeito satisfatório no controle da oxidação de segmentos de ráquilas jovens e maduraspor
dc.description.uribitstream/item/147545/1/2063-8050-1-PB.pdfpor
dc.formatil.por
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherRevista de Ciências Agrárias, Belém, PA, n. 35, p. 9-14, jan./jun. 2001.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)por
dc.rightsopenAccesspor
dc.titleAvaliação da oxidação de segmentos de ráquilas de açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) sob diferentes condições de cultura in vitro.por
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)por
dc.date.updated2016-09-19T19:39:48Zpor
dc.subject.thesagroAçaípor
dc.subject.thesagroAntioxidantepor
dc.subject.thesagroCultura In Vitropor
dc.subject.thesagroEuterpe Oleraceapor
dc.subject.thesagroInflorescênciapor
dc.subject.thesagroVitamina C.por
dc.ainfo.id403254por
dc.ainfo.lastupdate2016-09-19por
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
206380501PB.pdf1,59 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace