Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/444671
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCAVARIANI, C.pt_BR
dc.contributor.authorSILVA, W. R.pt_BR
dc.contributor.authorMIRANDA, L. C.pt_BR
dc.contributor.authorNAKAGAWA, J.pt_BR
dc.contributor.authorBELGIORNO, D. C.pt_BR
dc.contributor.otherLUIZ CARLOS MIRANDA, SPM E Londrina.pt_BR
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2003-11-11pt_BR
dc.date.issued1997pt_BR
dc.identifier.other22445pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/444671pt_BR
dc.descriptionRESUMO - A pesquisa estudou o andamento físico da secagem estacionária com distribuição radial do fluxo de ar (espessura da 3 camada igual a 61,5cm), variando o fluxo (18,6, 20,3 e 24,?m /min./t) e a temperatura do ar insuflado (40, 44 e 48ºC), considerando o tempo do processo e a posição das sementes na massa. Para tanto, foram caracterizados o ar ambiente, o ar insuflado, as temperaturas e os teores de água da massa, as velocidades e as equações de secagem. Levando-se em conta as posições extremas na massa, em relação ao cilindro de insuflação do ar, o gradiente de teor de água das sementes foi ampliado com a elevação da temperatura e reduzido com o aumento do fluxo. O aumento do fluxo foi mais eficiente do que o da temperatura para 3 elevar a velocidade de secagem. O fluxo de 24,7m /min./t foi o mais eficiente, no aproveitamento do calor, para realizar a secagem; entretanto, quando aplicado em combinação com a temperatura de 48ºC, apresentou inconveniências, relativas à redução da velocidade de secagem, não verificadas a 44ºC. Tendo em vista os aspectos físicos e fisiológicos envolvidos no processo, o aumento conjunto nos valores do fluxo e da temperatura, além de fisicamente eficiente, permite evitar efeitos negativos, advindos 3 da secagem, na qualidade fisiológica das sementes de milho. Dessa forma, a combinação de 24,?m /min./t com 48ºC pode ser recomendada.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/124895/1/id-224450001.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherInformativo ABRATES, Curitiba, v. 7, n. 1/2, p. 49, jul;/ago. 1997. Número especial, ref. 031.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)pt_BR
dc.titleSecagem estacionária de sementes de milho com distribuição radial do fluxo de ar . II - andamento físico.pt_BR
dc.typeResumo em anais de congresso (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2015-06-01T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroSoja.pt_BR
dc.description.notesEdição do X Congresso Brasileiro de Sementes, 1997.pt_BR
dc.ainfo.id444671pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2015-06-01pt_BR
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
id224450001.pdf269,28 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace