Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/444749
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Issue Date: 1997
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: COSTA, N. P.
MESQUITA, C. M.
DOMIT, L. A.
PEREIRA, J. E.
OLIVEIRA, M. C. N. de
Additional Information: NILTON PEREIRA DA COSTA, CNPSo; CEZAR DE MELLO MESQUITA, CNPSo; LINEU ALBERTO DOMIT, CNPSo; JOSÉ ERIVALDO PEREIRA, CNPSo; MARIA CRISTINA NEVES DE OLIVEIRA, CNPSO.
Title: Agricultura real: controle de qualidade da soja brasileira, na prevenção e na redução de desperdícios de sementes e grãos durante a colheita.
Publisher: Informativo ABRATES, Curitiba, v. 7, n. 1/2, p. 86, jul;/ago. 1997. Número especial, ref. 105.
Language: pt_BR
Notes: Edição do X Congresso Brasileiro de Sementes, 1997.
Description: RESUMO - Nos últimos 18 anos, a EMBRAPA Soja, Londrina, PR, a EMATER - PR e, mais recentemente, a EMBRAPA Agropecuária Oeste, Dourados, MS, têm promovido cursos de prevenção, de redução e levantamentos de desperdícios e danos mecânicos em sementes e grãos de soja, durante a colheita. Nesse período, o Brasil perdeu mais de 24 milhões de toneladas de sementes e grãos, o que equivale a uma perda agregada de cerca de US$ 4 bilhões. A colheita mecânica da soja deixa sobre o solo parte das sementes ou grãos. Ao longo desse período, a redução das perdas evoluiu significativamente, porém sem atingir ainda níveis toleráveis, devido as características da cultura e a aspectos funcionais das colheitadeiras . Durante as safras 94/95 e 95/96 foram ministrados 43 cursos e treinamentos na maioria das regiões produtoras de soja do Brasil, sendo treinados 2046 técnicos de empresas privadas e governamentais . A metodologia dos cursos envolvia: a) palestras; b) prática de regulagem da colhedora; c) avaliações das perdas com o copo medidor; d) coleta de amostra para avaliação da qualidade de semente . Os resultados das avaliações indicaram que os desperdícios de sementes e grãos foram sensivelmente reduzidos, chegando , em alguns casos, ao redor de 80%, quando se reduzia a velocidade de deslocamento da colhedora e se promoviam pequenos ajustes na plataforma de corte e nos mecanismos internos. Detectou-se ainda, em diferentes ocasiões, que, com a velocidade de deslocamento da colhedora superior a ?km/hora, com rotação do cilindro de trilha acima de 700rpm e o grau de umidade das sementes ou grãos inferior a 12%, além de resultar em quebras acentuadas dos mesmos, as perdas ultrapassavam 2,5 sacas/ha. Foi também observado que parcelas significativas de algumas lavouras apresentaram excesso de plantas daninhas, muitas delas com retenção foliar, ocasionando embuchamento no sistema de recolhimento , dificultando a trilha, a separação, a limpeza e elevando o grau de umidade das sementes e grãos. Como esses fatores afetam o desempenho da colhedora, ocorriam desperdícios acima do nível tolerado que é de uma saca/ha.
Thesagro: Soja.
Year: 2003-11-11
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ID224490001.pdf323,34 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace