Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/44870
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Issue Date: 2000
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: ALENCAR, M. M. de
SILVA, A. M. da
FREITAS, A. R. de
Additional Information: MAURICIO MELLO DE ALENCAR, CPPSE.
Title: Características reprodutivas e de crescimento de machos e fêmeas da raça Canchim.
Publisher: In: RESUMOS DOS TRABALHOS APRESENTADOS NA CONVENÇÃO NACIONAL DE CANCHIM, 4., 2000, São Carlos, SP. Anais...São Carlos : Embrapa Pecuária Sudeste/São Paulo : ABCCAN 2000. p.16.
Language: pt_BR
Keywords: Características reprodutiva
Fêmeas
machos.
Description: Estimaram-se as herdabilidades e as correlações genéticas do peso (P12) e do perímetro escrotal (PE12) aos 12 meses de idade de machos e dos pesos ao primeiro (PPP) e ao segundo (PSP) partos, idades ao primeiro (IPP) e ao segundo (ISP) partos, peso adulto (PAD) e parâmetros A (peso assintótico) e k (taxa de maturação) da curva de Von Bertalanffy de fêmeas, de animais da raça Canchim do rebanho da Embrapa Pecuária Sudeste. As estimativas de herdabilidade foram iguais a: 0,37 (P12); 0,30 (PE12); 0,38 (A); 0,35 (k); 0,12 (IPP); 0,33 (PPP); 0,04 (ISP); 0,39 (PSP) e 0,38 (PAD). As correlações genéticas de P12 com as características das fêmeas foram iguais a: 0,19 (parâmetro A); 0,62 (parâmetro k); -0,58 (IPP); 0,69 (PPP); -0,56 (ISP); 0,61 (PSP) e 0,60 (PAD). As correlações genéticas de PE12 com as características das fêmeas foram iguais a: -0,24 (A); 0,27 (k); -0,47 (IPP); 0,09 (PPP); -0,67 (ISP); 0,07 (PSP) e -0,17 (PAD). Estes resultados indicam que P12 e PE12, nos machos, e os pesos (PPP, PSP e PAD) e os parâmetros A e k, nas fêmeas, possuem variação genética aditiva suficiente para que haja resposta à seleção massal. A seleção para aumentar P12 nos machos deve resultar em respostas correlacionadas desejáveis em IPP, ISP e k das fêmeas, mas com aumentos nos pesos (PPP, PSP e PAD) das fêmeas. A seleção para aumentar PE12 nos machos deve resultar em respostas favoráveis em IPP, ISP e k das fêmeas, sem causar aumentos no peso adulto. Portanto, a seleção para P12 nos machos deve ser acompanhada de monitoramento constante do peso adulto das fêmeas, para evitar aumento excessivo no tamanho das vacas. Por outro lado, o perímetro escrotal dos machos aos 12 meses de idade constitui-se em bom critério de seleção para aumentar a eficiência reprodutiva do rebanho, sem aumentar o peso adulto das vacas.
Thesagro: Crescimento
Gado Canchim
Gado de Corte.
Year: 2000-06-09
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPPSE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PROCIMMA2000.00184.pdf257,15 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace