Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/48213
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2006
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: OLIVEIRA, F. A. de
CASTRO, C. de
MOREIRA, A.
ROSA, J. L.
Additional Information: FABIO ALVARES DE OLIVEIRA, CNPSO; CESAR DE CASTRO, CNPSO; ADÔNIS MOREIA, CPPSE/SÃO CARLOS, SP.; João Leonardo Rosa - Universidade Estadual de Londrina.
Title: Eficiência da adubação residual com rochas brasileiras para a cultura da soja.
Publisher: Espaço & Geografia, v. 9, n. 2, p. 69-84, 2006.
Language: pt_BR
Keywords: Rochas brasileiras
Adubação residual
Description: O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência agronômica residual de rochas como fertilizantes multinutrientes no desenvolvimento e no estado nutricional da soja cultivada em sucessão ao girassol. O experimento foi executado em casa-devegetação, em vasos contendo 3 kg dos solos com características distintas, um Latossolo Vermelho distroférrico (LVdf) e um Neossolo Quartzarênico (NQ). Os tratamentos foram dispostos no esquema fatorial (solos x fontes) e delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Além de uma testemunha não adubada, testaram-se as fontes de potássio, arenito vulcânico, brecha alcalina, carbonatito, biotita xisto, ultramáfica alcalina e a fonte padrão de potássio, cloreto de potássio, aplicadas na dose de 150 mg kg-1 de K2O por ocasião da semeadura do girassol. Cultivaram-se duas plantas de soja BRS 232 por vaso, as quais foram coletadas no estádio de florescimento pleno para a avaliação da produção de matéria seca da parte aérea, além dos teores de macro e micronutrientes nos tecidos. As rochas ultramáfica alcalina e biotita xisto apresentaram os maiores índices de eficiência agronômica residual para a produção de matéria seca pela soja. As rochas diferem na capacidade de disponibilização de nutrientes às plantas em função da composição mineralógica e apresentam características de fertilizantes multinutrientes, o que deve ser considerado no cálculo de balanço da adubação.
Data Created: 2007-12-13
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPPSE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PROCIAM2007.00313.pdf59,18 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace