Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/490662
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorANTUNES, R. C.pt_BR
dc.contributor.authorREIS, R. B.pt_BR
dc.contributor.authorGONCALVES, L. C.pt_BR
dc.contributor.authorRODRIGUES, J. A. S.pt_BR
dc.contributor.authorRODRIGUEZ, N. M.pt_BR
dc.contributor.authorBORGES, A. L. C. C.pt_BR
dc.contributor.authorBORGES, I.pt_BR
dc.contributor.otherRoberto Camargos Antunes; Ronaldo Braga Reis, UFMG; Lúcio Carlos Gonçalves, UFMG; JOSE AVELINO SANTOS RODRIGUES, CNPMS; Norberto Mario Rodriguez, UFMG; Ana Luiza Costa Cruz Borges, UFMG; Iran Borges, UFMG.pt_BR
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2007-05-04pt_BR
dc.date.issued2006pt_BR
dc.identifier.other19904pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/490662pt_BR
dc.descriptionEmpresas de melhoramento genético vegetal lançam vários híbridos de milho no mercado todos os anos. Grande parte desses híbridos é utilizada para a produção de silagem. Dessa forma, esse trabalho objetivou estudar as principais modificações da composição química e o padrão de fermentação das silagens produzidas por seis híbridos de milho (HD 9481, P 3041, C 435, HT 951005, HT 47C e AG 5011). As plantas inteiras do milho foram ensiladas no estádio de maturidade fisiológica (3/4 de "linha do leite"), em silos laboratoriais de PVC, com 10 cm de diâmetro. A forragem foi avaliada com 0 (zero), 1, 3, 5, 7, 14, 28 e 56 dias após a ensilagem. Foram analisados os teores de matéria seca (MS), de carboidratos solúveis (CS), de fibra detergente neutro (FDN), de proteína bruta (PB), de nitrogênio amoniacal e o pH. Os teores médios de MS nas silagens variaram de 34,51 a 42,90%. A maior parte dos CS foi consumida até o 5º dia da fermentação. Os teores de PB e de FDN permaneceram praticamente estáveis durante a ensilagem. Os valores de pH se estabilizaram a partir do 5º dia da fermentação, para a maioria dos híbridos, e foram sempre menores que 3,82 no 56º dia. Os teores de nitrogênio amoniacal, embora não tenham se estabilizado até o 56º dia da ensilagem, foram sempre menores que 10%. As silagens foram classificadas como de boa qualidade.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/35345/1/Modificacoes-composicao.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherRevista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, v. 5, n. 3, p. 422-430, 2006.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Milho e Sorgo - Artigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectCarboidrato solúvelpt_BR
dc.subjectNitrogênio amoniacalpt_BR
dc.subjectQualidade de silagempt_BR
dc.subjectSilos laboratorpt_BR
dc.titleModificações na composição química e padrão de fermentação em silagens de seis híbridos de milho.pt_BR
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2018-05-25T11:11:11Zpt_BR
dc.ainfo.id490662pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2018-05-25 -03:00:00pt_BR
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Modificacoescomposicao.pdf796,5 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace