Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/502873
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorWADT, L. H. de O.pt_BR
dc.contributor.authorKAGEYAMA, P. Y.pt_BR
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2005-11-07pt_BR
dc.date.issued2004pt_BR
dc.identifier.citationPesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 39, n. 2, p. 151-157, 2004.pt_BR
dc.identifier.issn0100-204X (impresso) / 1678-3921 (online)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/502873pt_BR
dc.descriptionA pimenta-longa (Piper hispidinervum C. DC.) arbusto encontrado em áreas antropizadas no Estado do Acre, possui expressiva importância econômica decorrente da presença de safrol em seu óleo essencial. O objetivo deste trabalho foi avaliar a estrutura genética e o sistema de acasalamento dessa espécie, utilizando marcadores RAPD (polimorfismo de DNA amplificado ao acaso). A diversidade genética entre e dentro de populações naturais foi avaliada em 13 populações do Vale do Rio Acre, distribuídas nas Regiões do Baixo e Alto Acre. A taxa preferencial de cruzamento foi estimada em 25 famílias de polinização livre de uma população do Município de Assis Brasil, Acre. A espécie apresentou diversidade genética estruturada no espaço segundo um padrão de isolamento por distância. A maior parte da variabilidade genética foi encontrada dentro das populações, porém a diferenciação entre populações, como um todo, foi alta (θP = 0,28). O agrupamento das populações, pela distância genética (φST) entre elas, mostrou dois grupos distintos, os quais representam as regiões do Alto Acre e Baixo Acre. A AMOVA mostrou que 20,61% da variabilidade total está entre essas duas regiões. A taxa de cruzamento multilocos foi estimada em 1,033, evidenciando que a espécie é alógama. A estimativa do coeficiente de endogamia F não diferiu de zero e os cruzamentos ocorreram preferencialmente entre indivíduos não-aparentados.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectMarcador RAPDpt_BR
dc.subjectEstrutura genéticapt_BR
dc.subjectAcrept_BR
dc.subjectAmazônia Ocidentalpt_BR
dc.subjectMarcadores genéticospt_BR
dc.subjectCrucept_BR
dc.subjectAmazonia occidentalpt_BR
dc.subjectVariación genéticapt_BR
dc.subjectWestern amazon.pt_BR
dc.titleEstrutura genética e sistema de acasalamento de Piper hispidinervum.pt_BR
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.date.updated2019-01-03T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroPimenta longapt_BR
dc.subject.thesagroPiper hispidinervumpt_BR
dc.subject.thesagroVariação genéticapt_BR
dc.subject.thesagroMarcador molecularpt_BR
dc.subject.thesagroCruzamentopt_BR
dc.subject.nalthesaurusPiper longumpt_BR
dc.subject.nalthesaurusGenetic variationpt_BR
dc.subject.nalthesaurusGenetic markerspt_BR
dc.subject.nalthesaurusCrossing.pt_BR
dc.contributor.institutionLUCIA HELENA DE OLIVEIRA WADT, CPAF-AC; Paulo Yoshio Kageyama, Esalq.pt_BR
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPAF-AC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
11715.pdf188,49 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace