Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/514170
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Caprinos e Ovinos - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Issue Date: 1995
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: ANDRIOLI, A.
SALLES, H. O.
PINHEIRO, R. R.
SIMPLICIO, A. A.
SOARES, A. T.
MOURA SOBRINHO, P. A.
SOARES, B. A.
SANTA ROSA, M. R.
Additional Information: ALICE ANDRIOLI, CNPC
Aurino Alves Simplício, CNPC.
RAYMUNDO RIZALDO PINHEIRO, CNPC
HEVILA OLIVEIRA SALLES, CNPC
Title: Uso da transferência de embriões como método de controle da artrite encefalite caprina a vírus (CAEV): resultados parciais.
Publisher: ARS Veterinária, Jaboticabal, v. 11, n. 2, p. 114-115, 1995.
Language: pt_BR
Notes: Anais da 10 Reuniao anual da Sociedade Brasileira de Transferencia de Embrioes, 1995.
Keywords: Artrite encefalite caprina
CAEV
Controle
Caprine arthritis encephalit virus.
Description: 0 experimento teve como objetivo utilizar a técnica de transferência de embriôes como instrumento de controle da CAEV num rebanho de alto padrão genético. Foram utilizadas sete cabras da raça Saanen soropositivas para o vírus da CAEV e três cabras mestiças soronegativas como doadoras e como receptoras, respectivamente. O diagnóstico da CAEV foi realizado através do teste de imonodifusão em gel de agarose, obtendo-se comprovação da soronegatividade das fêmeas após três repetiçôes com intervalo de seis meses. Doadoras e receptoras tiveram o estro sincronizado com esponjas vaginais (11 dias) impregnadas com 60 mg de acetato de medroxiprogesterona, sendo aplicado 50 mg de cloprostenol no nono dia da sincronização. No mesmo dia iniciou-se a superovulação das doadoras com 9 mg de FSH, sendo realizadas seis aplicações, em doses decrescentes, com intervalo de 12 horas. As doadoras foram cobertas com reprodutor Saanen soropositivo para o vírus da CAEV. As coletas de embriões foram realizadas por laparoscopia ou por laparotomia entre o quinto e o sexto dia após a última cobertura. Após a avaliação os embriões foram submetidos a lavagem em 10 banhos com PHS acrescido de 0,4% de BSA. As doadoras apresentaram um total de 147 corpos lúteos (taxa de ovulação média de 21,0), sendo recuperadas 62 estruturas (taxa de recuperação = 42,2%). No entanto, 49 estruturas eram ovocitos e 13 embriões. Estes eram morulas compactas sendo 11 viáveis. Cinco embriões foram criopreservados e seis foram inovulados, a fresco, em três receptoras. Uma cabra tornou-se prenhe vindo a parir dois cabritos (macho e fêmea). Foi realizada a coleta do sangue desta receptora e suas crias uma semana após o parto, e repetida nas crias após um mês. Todos os testes tiveram resultados negativos, indicando que até então não houve a produção de anticorpos contra o virus da CAEV. Os cabritos devem ser ainda testados com três e seis meses de idade e maior número de crias, oriundas de doadoras soropositivas e receptoras soronegativas deverão ser obtidas para que a possamos comprovar que a transferência de embriões é efetiva no controle da CAEV.
Thesagro: Caprino
Doença animal
Artrite
Transferência de embrião
NAL Thesaurus: Goats
Animal diseases
Embryo transfer
Disease control.
Year: 1996-11-18
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RACUsadatransferencia.pdf819,49 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace