Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/515385
Title: Prevalência da infecção pelo vírus da artrite encefalite caprina no estado do Ceará, Brasil.
Authors: PINHEIRO, R. R.
GOUVEIA, A. M. G.
ALVES, F. S. F.
Affiliation: Raymundo Rizaldo Pinheiro, CNPC; Aurora Maria Guimarães Gouveia; Francisco Selmo Fernandes Alves, CNPC.
Date Issued: 2001
Citation: Ciência Rural, Santa Maria, v. 31, n. 3, p. 449-454, 2001.
Description: Resumo: A elevação do risco de contaminaçào pelo virus da artriteencefalite caprina (CAEV) em rebanhos caprinos nativos e sem raça definida (SRD) tem sida verificada paralelalnente à introdução de caprinos de raças exóticas no Brasil, o que motivou a realização deste levantamento epidemiológico no Estado do Ceará. Para o diagnóstico da infecção pelo CAEV, utilizou-se a microtécnica de imunodifusão em gel de agar. Foram pesquisadas 4019 amostras de soro caprino em 30 municípios do Ceará. A prevalência da infecção pelo CAEV verificada foi de 1% (40/4019 animais), sendo a maior prevalência (11,1%) na região metropolitana de Fortaleza. Analisando a distribuição de animais soropositivos nos municípios pesquisados, constatou-se que um terço dos municípios (10/30) apresentaram pelo menos um animal soropositivo. Verificou-se maior prevalência (p<5%) nos caprinos mais velhos quando comparados com os jovens. A análise por sexo e composição do rebanho mostrou que os machos estavam estatisticamente mais afetados (p<5%). Considerando-se o grau de sangue, 5,02% de raças puras e 0,12% de animais mestiços apresentavam anticorpos contra CAEV. Dentre os soropositivos, a raça Parda Alpina foi estatisticalnente mais afetada (p<5%). Com base nos resultados, pode-se verificar que o lentivírus de pequenos ruminantes já se encontra disseminado nas várias regiões do Ceará e que, provavelmente, os reprodutores sejam a principal fonte de transmissão viral entre os rebanhos nativos/SRD. PREVALENCE OF CAPRINE ARTHRITIS ENCEPHALITIS VIRUS INFECTION IN THE STATE OF CEARÁ, BRAZIL. SUMMARY - This epidemiological study in the State of Ceará, Brazil was motivated by the risk of infection with caprine arthritis encephalitis virus (CAEV) through introduction of exotic caprines. For diagnosis of CAEV infection the agar gel imunodifusion microtechnic was used. 4019 goat serum samples were collected in 30 counties. The prevalence of CAEV infection was 1% (40/4019 animals). The highest prevalence (11.1%) was found in the metropolitan area of Fortaleza, the area with highest goat milk production. The analysis of the distribution of seropositive animals in the studied counties showed that 33% (10/30) had at least one positive animal. The highest prevalence was found (p <0.05) in older animals. The males were more affected (p<0.05). The pure breeds presented 5.02% of animals with antibodies against the CAEV and the half-breeds 0,12%. The Alpine breed was the more affected (p<0.05) among all breeds studied. It was verified that the small ruminant lentivirus is already disseminated in several areas of the Stete of Ceará and that the males are probably the main source of transmission to the native/SRD flocks.
Thesagro: Caprino
Infecção
NAL Thesaurus: Goats
Lentivirus
prevalence.
Keywords: Artrite Encefalite Caprina
CAEV
CAE
Prevalência
Caprine arthritis encephalit virus.
Language: pt_BR
Type of Material: Artigo de periódico
Access: openAccess
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
APIPrevalenciadainfeccaopelo.pdf75,05 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace