Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/570669
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Cerrados - Tese/dissertação (ALICE)
Data do documento: 6-Ago-2008
Tipo do Material: Tese/dissertação (ALICE)
Autoria: GUIMARÃES JÚNIOR, R.
Título: Avaliação nutricional de silagens de milheto (Pennisetum glaucum (L.). R. Br.).
Edição: 2006
Fonte/Imprenta: 2006.
Páginas: 90 p.
Idioma: pt_BR
Notas: Tese (Doutorado em Ciência Animal) - Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.
Palavras-chave: Bovinae.
Conteúdo: O objetivo deste trabalho foi estudar o valor nutricional das silagens de três genótipos de milheto (BRS-1501, NPM-l e CMS-3) colhidos aos 100 dias após plantio, por meio da determinação de suas composições químicas e realização de ensaios de consumo e digestibilidade aparente, degradabilidade in situ e técnica in vitro semi-automática de produção de gases, utilizando-se ovinos. Os teores de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA) e energia bruta (EB) determinados nas silagens foram de: 21,28, 22,72, 20,99%; 11,83, 10,73, 11,45%; 70,54, 71,22, 71,02%; 37,70, 39,71, 39,37% e 3792,83, 3825,04, 3855,32 kcal/kg, para as silagens dos genótipos BRS-1501, NPM-l e CMS-3, respectivamente. Os consumos de matéria seca em g/unidade de tamanho metabólico (CMS-UTM) oscilaram entre 42,12 (BRS-1501) a 44,22 g/UTM/dia (NPM-l). Quanto aos teores de digestibilidade aparente da matéria seca (DAMS) foram obtidos os seguintes valores: 49,87% para a silagem do genótipo CMS-3, 47,55% para a silagem do BRS-1501 e 45,83% para a silagem do NPM-l. Para os valores de digestibilidade aparente da energia bruta (DAEB), o maior valor (p<0,05) foi obtido para silagem do CMS-3 de 47,67%. A silagem do genótipo CMS-3 também apresentou os maiores valores de digestibilidade aparente da PB de 62,54% (p<0,05) e eficiência de utilização desta fração (59,18%), se destacando entre as demais. As silagens dos genótipos avaliados foram semelhantes (p>0,05) quanto aos valores dé consumo voluntário da matéria seca, energia, proteína bruta, e frações fibrosas. No estudo de degradabilidade in situ as degradabilidades da matéria seca após 96 horas de incubação variaram de 59,9% para a silagem do genótipo CMS-3 a 63,2% para a silagem do BRS-1501. As degradabilidades efetivas da MS para as taxas de passagem de 2,0%/h, 5,0%/h e 8,0%/h foram de 48,5%,39,6% e 35,8% para a silagem do BRS-1501, 46,3%, 38,0% e 34,9% para a silagem do NPM-l e 47,7%,40,1% e 36,8% para a silagem do CMS-3. O maior potencial de degradação (A) da PB foi encontrado para a silagem do genótipo BRS-1501 (83,9%). Quanto às taxas de degradação (c) desta fração, a silagem do CMS-3, apresentou o maior valor de 2,08%/h. Foram observadas baixas degradabilidades da fração fibrosa para todas as silagens estudadas. No ensaio de produção de gases as comparações entre os genótipos nos diferentes períodos de fermentação, indicaram que a partir de 24 horas, o genótipo BRS-1501 foi o que produziu mais gases. Os valores de DMS apresentados às 96 horas de fermentação foram de 53,9% para a silagem do BRS-1501, 51,7% para a silagem do CMS-3 e 49,1% para a silagem do NPM-l, sendo este o material com menor degradabilidade (p<0,05). Os potenciais máximos de produção de gases variaram de 145,18 para a silagem do genótipo CMS-3 a 155,02 mUg de MS para a silagem do BRS-1501. A silagem do genótipo BRS-1501 se destacou entre as demais, em função do seu maior potencial de produção de gases e degradabilidades efetivas. Com base nos resultados encontrados conclui-se que os genótipos de milheto estudados apresentaram um bom valor nutricional, podendo ser indicados com opção para produção de silagem. Em todas as silagens foi verificada elevada concentração e qualidade da proteína bruta. De modo geral, as silagens dos genótipos BRS-1501 e CMS-3 foram as de melhor valor nutricional, sendo que a última apresentou qualidade da fração protéica superior entre as demais. Face às baixas degradabilidades da fração fibrosa, estudos que associem o momento de colheita da cultura ao valor nutricional da silagem de milheto são necessários.
Thesagro: Alimento Para Animal
Bovino
Digestibilidade
Milheto
Nutrição Animal
Silagem
Valor Nutritivo.
NAL Thesaurus: animal feeding
animal nutrition
digestibility
nutritive value
millets
silage.
Ano de Publicação: 2006
Aparece nas coleções:Tese/dissertação (CPAC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
guimaraesjr01.pdf502,02 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace