Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/571648
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Cerrados - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2008
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: REIS JÚNIOR, F. B. dos
MACHADO, C. T. de T.
MACHADO, A. T.
SODEK, L.
Additional Information: Fábio Bueno dos Reis Júnior, CPAC; Cynthia Torres Toledo Machado, CPAC; Altair Toledo Machado, CPAC; Ladaslav Sodek, UNICAMP.
Title: Inoculação de Azospirillum amazonense em dois genótipos de milho sob diferentes regimes de nitrogênio.
Publisher: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 32, p. 1139-1146, 2008.
Language: pt_BR
Keywords: Bactéria diazotrófica
Bactéria promotora do crescimento
Diazotrophic bacteria
Plant growth-promoting bacteria
Inoculation
Maize.
Description: A adaptabilidade de genótipos de milho a ambientes onde os nutrientes não estejam prontamente disponíveis pode ser relacionada com a adaptação à predominância, nos solos, das formas de N nítrica e amoniacal e à associação com microrganismos benéficos como as bactérias diazotróficas e, ou, promotoras decrescimento de plantas. O objetivo deste trabalho foi verificar o comportamento de dois híbridos intervarietais de milho sob diferentes doses e formas de N, assim como o efeito da inoculação com Azospirillum amazonense, em um ensaio em casa de vegetação, utilizando vasos preenchidos com vermiculita e solução nutritiva de Hoagland como fonte de nutrientes. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso em esquema fatorial, constituindo os tratamentos em: dois híbridos intervarietais, H1 (Carioca x Eldorado) e H2 (Palha Roxa ES x Sol da Manhã); plantas inoculadas ou não inoculadas com A. amazonense, e três regimes de N, conforme doses e proporções seguintes: 126 mg semana-1 de N (75 % NH4+:25 % NO3-);126 mg semana-1 de N (25 % NH4+:75 % NO3-), e 12,6 mg semana-1 de N (50 %NH4+:50 % NO3-). Vinte e cinco dias após o plantio, as plantas foram separadas em raiz e parte aérea para determinação da matéria seca, conteúdos totais de N e P,atividade das enzimas nitrato redutase e glutamina sintetase e açúcares solúveis totais. O híbrido H1, mais eficiente em avaliações preliminares em campo, produziu mais matéria seca e apresentou maior eficiência na utilização de N e P. Plantas que receberam a maior dose de N, independentemente do predomínio da formanítrica ou amoniacal, apresentaram maior acúmulo de N (nas raízes e parte aérea)e P (na parte aérea) e maior índice de utilização de P. Com o predomínio da forma amoniacal, observou-se incremento na produção de matéria seca da parte aérea e na atividade da glutamina sintetase, bem como decréscimo na concentração deaçúcares solúveis totais nas raízes. A inoculação com A. amazonense promoveumaior produção de matéria seca e acúmulo de N nas raízes.
Thesagro: Inoculação
Milho
Zea Mays.
Data Created: 2009-02-05
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPAC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
reisjuniorfbdos012008.pdf687,64 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace