Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/574341
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorVASCONCELOS, F. V. dept_BR
dc.contributor.authorNETO, M. M. G.pt_BR
dc.contributor.authorUBA, M. A.pt_BR
dc.contributor.authorCOSTA, A. M. dapt_BR
dc.contributor.authorALVARENGA, R. C.pt_BR
dc.contributor.authorFONSECA, L. S.pt_BR
dc.contributor.otherFátima Vilaça de Vasconcelos, FEAD; MIGUEL MARQUES GONTIJO NETO, CNPMS; Mariana Arão Uba, FEAD; Adriana Monteiro da Costa, FAPEMIG; RAMON COSTA ALVARENGA, CNPMS; Leonardo Silva Fonseca, UFVJM.pt_BR
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2009-11-09pt_BR
dc.date.issued2009pt_BR
dc.identifier.other22034pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/574341pt_BR
dc.descriptionO objetivo deste trabalho foi avaliar o rendimento forrageiro do Milheto BR 1501 (Pennisetum glaucum). Piatã (Brachiaria brizantha) e Massai (Panicum maximum) em plantios consorciados e solteiros. Os tratamentos consistiram de: T1-Milheto + Piatã (7 kg ha-1 + 10 kg ha-1 de sementes, respectivamente); T2-Milheto + Massai (7 kg ha-1 + 12 kg ha-1 de sementes, respectivamente); T3-Milheto solteiro (7 kg ha-1 de sementes); T4 Piatã (10kg ha-1 de sementes); T5-Massai (12 kgha-1 de sementes). Foram realizados dois cortes em cada parcela, aos 44 e 69 dias após o plantio. Em cada corte foi avaliado o estande, altura de plantas e a produção da matéria seca da fitomassa de forragem. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso com cinco tratamentos e quatro repetições. Os dados foram submetidos à análise de variância e médias comparadas pelo teste Tukey a 5%. Não observou-se diferença para o número de plantas, altura e produtividade nos tratamentos com Milheto solteiro e consorciado com capim Massai e Piatã. Entre as consorciações, embora não apresente diferença significativ há uma tendência de maiores valores para as variáveis avaliadas quando da consorciação do Milheto com capim Piatã. Uma maior produção foi observada para os capins quando em plantio solteiro. A produção total de matéria seca foi superior quando da consorciação do Milheto com ambos capins.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/59836/1/Rendimento-forrageiro.pdfpt_BR
dc.format1 CD-ROM.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherIn: CONGRESSO DE FORRAGICULTURA E PASTAGENS, 3., 2009, Lavras. Anais... Lavras: UFLA, 2009.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Milho e Sorgo - Artigo em anais de congresso (ALICE)pt_BR
dc.titleRendimento forrageiro de milheto, capim Piatã e capim Massai em plantios consorciados e solteiros.pt_BR
dc.typeArtigo em anais de congresso (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2018-07-13T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroMilhetopt_BR
dc.subject.thesagroPastagem.pt_BR
dc.ainfo.id574341pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2018-07-13 -03:00:00pt_BR
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rendimentoforrageiro.pdf2,35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace