Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/593708
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCHAVES, A. H.
dc.contributor.authorSILVA, J. F. C. da
dc.contributor.authorCAMPOS, O. F. de
dc.contributor.authorPINHEIRO, A. J. R.
dc.contributor.authorVALADARES FILHO, S. de C.
dc.date.accessioned2023-01-24T17:02:36Z-
dc.date.available2023-01-24T17:02:36Z-
dc.date.created1999-11-22
dc.date.issued1999
dc.identifier.citationRevista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v. 28, n. 6, p. 1075-1085, 1999.
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/593708-
dc.descriptionO objetivo deste trabalho foi verificar o efeito do fornecimento da estirpe LT 516 de Lactobacillus acidophilus, junto ao leite, sobre o desempenho de bezerros de rebanhos leiteiros, do nascimento aos 56 dias de idade. Trinta e seis bezerros recém-nascidos foram distribuídos em blocos ao acaso de acordo com o sexo, grau de sangue e peso ao nascer. O fornecimento diário de um concentrado com células viáveis (1,9 x 10(10) UFC/anim) de Lactobacillusacidophilus (LT 516), do nascimento aos 56 dias de idade (Tratamento 1), o fornecimento diário do mesmo concentrado do nascimento aos 10 dias de idade (Tratamento 2) e o não-fornecimento de Lactobacillus acidophilus (Tratamento 3) foram estudados. Os animais foram alimentados com 4 L de leite integral/anim·d e, a partir da segunda semana de idade, concentrado inicial e capim-elefante (Pennisetumpurpureum Schum) picado, à vontade. Não houve diferenças entre tratamentos nos consumos e nas digestibilidades aparentes da matéria seca e proteína bruta, no ganho de peso, na contagem de hematócritos, hemoglobina, glóbulos vermelhos e hemoglobina globular média, na concentração de hemoglobina globular média, no volume globular médio e na contagem global de leucócitos, na capacidade absortiva do intestino (estimada pelo teste de xilose), no pH da digesta do intestino delgado e no número de lactobacilos facultativos e coliformes totais nas fezes. O fornecimento de Lactobacillus acidophilus (LT 516) reduziu a ocorrência de diarréias, sem influir no odor e na consistência das fezes. Os animais que receberam probiótico nos primeiros 10 dias apresentaram maior número de lactobacilos facultativos no intestino delgado. O número de coliformes totais no intestino delgado foi maior nos animais controle e menor nos que receberam probiótico nos primeiros 56 dias.
dc.languagePortugues
dc.language.isopt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectBezerros
dc.subjectProbiotico
dc.subjectProbiotic
dc.titleEfeito da estirpe LT 516 de Lactobacillus acidophlilus como probiotico para bezerros.
dc.typeArtigo de periódico
dc.subject.thesagroDiarréia
dc.subject.nalthesaurusLactobacillus acidophilus
dc.subject.nalthesaurusdairy calves
dc.subject.nalthesaurusdiarrhea
riaa.ainfo.id593708
riaa.ainfo.lastupdate2023-01-24
dc.identifier.doihttps://doi.org/10.1590/S1516-35981999000500025
dc.contributor.institutionCNPGL.
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPGL)


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace