Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/660131
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Territorial - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2009
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: GREGO, C. R.
SANTOS, F. M.
SILVA, R. B. da
CAVALINI, R. M.
SILVA, I. K. S. da
TURETTA, A. P.
BALIEIRO, F. de C.
CHAER, G. M.
Additional Information: CELIA REGINA GREGO, CNPM; FELIPE MARTINI SANTOS, UFRRJ; ROGÉRIO BASTOS DA SILVA, UFRRJ; RODRIGO MENDES CAVALINI, UFRRJ; INGRID KELLY SANTANA DA SILVA, UFRRJ; ANA PAULA TURETTA, EMBRAPA SOLOS; FABIANO DE CARVALHO BALIEIRO, EMBRAPA SOLOS; GUILHERME MONTANDON, EMBRAPA AGROBIOLOGIA.
Title: Variablilidade espacial da densidade do solo e dos estoques de carbono em Planossolo submetido a arações e gradagens sucessivas.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 32., 2009, Fortaleza. O solo e a produção de bioenergia: perspectivas e desafios. Fortaleza: UFC: SBCS, 2009.
Pages: 5 p.
Language: pt_BR
Keywords: Solos arenosos
Matéria orgânica do solo
Variabilidade espacial
Description: Este trabalho teve como objetivo caracterizar o impacto da degradação do solo, induzida por arações e gradagens sucessivas aplicadas em um Planossolo Háplico sobre a densidade do solo, o teor e o estoque de C. Sessenta dias após a aplicação dos distúrbios procedeu-se a amostragem sistemática (grid 20x20 m) em parcelas degradadas (D) e não- degradadas (ND). A degradação tendeu a aumentar a densidade do solo na camada mais superficial do solo, mas não causou mudanças significativas nos teores e estoques de C do solo. No entanto, foi observado aumento sistemático em profundidade dos teores e estoque de carbono em ambos os tratamentos. Esse aumento de C em profundidade pode estar relacionado ao aumento do teor de argila ao longo do perfil, fato característico dos Planossolos. A análise geoestatística dos dados indicou a existência de dependência espacial dos atributos do solo estudados nas camadas de 0-5, 5-10 e 10-20 cm de profundidade, fato não observado na camada de 20-40 cm. Este fato demonstra que camadas mais profundas do solo sofrem menores interferências dos manejos, e que a variabilidade das propriedades do solo nessas camadas é mais associada à gênese do próprio horizonte do solo. Este conhecimento prévio da variabilidade no campo experimental é fundamental para a definição de esquemas de amostragem destas variáveis.
Data Created: 2010-03-08
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPM)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2510.pdf546,89 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace