Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/788929
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pantanal - Tese/dissertação (ALICE)
Issue Date: 1992
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: CATELLA, A. C.
Additional Information: AGOSTINHO CARLOS CATELLA, CPAP.
Title: Estrutura da comunidade e alimentacao dos peixes da Baia da Onca, uma lagoa do Pantanal do Rio Aquidauana, MS.
Publisher: Campinas: UNICAMP, 1992.
Pages: 215 f.
Language: pt_BR
Notes: Tese Mestrado.
Keywords: Comunidade
Baia da Onca
Morfometria
Nivel de agua
Rio Aquidauana
Food
Description: A Baia da Onca tem formato de ferradura caracteristico de meandro abandonado pelo rio Aquidauana. E uma lagoa perene, que se une ao rio no inicio das cheias (fins de dezembro), dele se isolando no refluxo das aguas em meados de abril ou maio. Em coletas experimentais, foram capturadas 75 especies de peixe durante o periodo de isolamento, de julho a dezembro/1988, utilizando-se como petrechos de pesca uma rede de arrasto e uma mini-traineira. Verificou-se que a comunidade de peixes e composta principalemnte por especies de pequeno porte, sendo poucas abundantes e um grande numero de especies raras, como e comum em estudos de comunidades de ambientes tropicais e sub-tropicais. O estudo de sua estrutura revelou que as especies sao distribuidas de forma mais uniforme em biomassa do que em numero, tanto pelo aspecto das curvas de importancia, quanto pelo indice de diversidade de Shannon (H'B=1,230; H'N=0,541). As familias mais importantes em numero foram os Characidade (79,5%), Curimatidae (13,1%) e Pimelodidae (3,6%), e em biomassa foram os Curimatidae (38,3%), Characidade (28,1%), Loricariidae (10,4%), Pimelodidae (10,1%) e Erythrinidae (4,5%). Observou-se que a maior biomassa de peixes (g/m2) ocorreu nas capturas dos periodos crepusculares (matutino e vespertino) e em torno das 14:00 h, indicando que esses sao os horarios de maior movimentacao dos peixes. Verificou-se que a medida que a lagoa foi secando, de julho a dezembro/1988, a quantidade de peixes diminuiu de 43,6 para 16,7 g/m2, atribuido a reducao da area disponivel para producao fotossintetica e a mortalidade natural por predacao.
Thesagro: Alimentação
Ecologia
Lagoa
Peixe
NAL Thesaurus: Pantanal
ecology
fish
morphometry
Year: 1992-10-29
Appears in Collections:Tese/dissertação (CPAP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AgostinhoCatella.pdf7,77 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace