Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/858321
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorALARCAO, A. L. L.
dc.contributor.otherANDRE LUIZ LEMES ALARCAO, DPD.
dc.date.accessioned2018-03-09T00:30:24Z-
dc.date.available2018-03-09T00:30:24Z-
dc.date.created2010-07-21
dc.date.issued2009
dc.identifier.other48036
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/858321-
dc.descriptionEste estudo analisoua relação entre centralidades dos atores dos Projetos em Rede da Embrapa e o desempenho de produtividade científica, utilizando-se do método conhecido como Análises de Redes Sociais (ARS). A ARS e suas respectivas propriedades permitem analisar as posições dos atopres na estrutura e as interações sociais existentes dentro das redes. Dessa forma, esse método gera indicadores para o entendimento da formatação dos arranjos colaborativos da Embrapa e de seus respectivos desempenhos em produtividade científica. Para executar essa proposta, modelos de análises multimodais foram aplicados levando em consideração diferentes medidas de centralidades. Para correlacionar estas métricas de centralidade, este estudo levantou os resultados de indicadores de produtividade científica dos atores envolvidos, em termos quantitativos, como: publicações, eventos, produtos decorrentes das atividades de P&D intrínsecos dos projetos em rede analisados. Também se levou em consideração a correlação entre centralidade e o nível de consecução das metas desses projetos. As coletas das informações sobre centralidadedos Projetos em Rede e o desempenho dos projetos foram levantadas no Sistema de Gestão da Embrapa. Sob um caráter quantitativo por meios descitivos e exploratórios, a pesquisa resultou em contribuições para o entendimento sobre a relação entre ARS e Projetos em Rede, no tocante das métricas de centralidade e seus desdobramentos nos relacionamentos de entidades dos arranjos colaborativos envolvidos. O comportamento das métricas de centralidade se mostrou significativamente diferente para análises, e as correlações entre essas métricas e o desempenho na produtividade científica se mostraramsignificantes para a consecução das metas dos projetos. Isso comprova que quanto maior centralidade, maior será a chance de o projeto conseguir atingir suas metas.
dc.description.uribitstream/item/173693/1/ALARCAO-A.-L.-L..pdfpt_BR
dc.languagept_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisher2009
dc.relation.ispartofÁrea de Informação da Sede - Tese/dissertação (ALICE)
dc.subjectRede social
dc.subjectProjeto em rede
dc.subjectProdutividade científica
dc.titleCentralidades de projetos em rede e desempenho científico: um estudo exploratório na Embrapa.
dc.typeTese/dissertação (ALICE)
dc.date.updated2018-03-09T00:30:24Zpt_BR
dc.description.notesDissertação (Mestrado em Administração) - Faculdade de Gestão e Negócios, Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba.
dc.ainfo.id858321
dc.ainfo.lastupdate2018-03-08
Appears in Collections:Tese/dissertação (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALARCAOA.L.L..pdf993,63 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace