Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/865183
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCOSMO, N. L.pt_BR
dc.contributor.authorKUNIYOSHI, Y. S.pt_BR
dc.contributor.authorBOTOSSO, P. C.pt_BR
dc.contributor.otherAluno pós graduação UFPR; YOSHICO SAITO KUNIYOSHI, UFPR; PAULO CESAR BOTOSSO, CNPF.pt_BR
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2010-10-26pt_BR
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.other47394pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/865183pt_BR
dc.description(Anatomia da madeira de Sebastiania commersoniana (Baillon) Smith & Downs (Euphorbiaceae): aspectos funcionais e ecológicos). Sebastiania commersoniana é uma espécie arbórea bastante comum em ambientes aluviais, em diversas condições pedológicas, graças a sua plasticidade e capacidade de tolerar períodos de inundação. Foram amostrados 21 indivíduos adultos dessa espécie, na planície do rio Iguaçu, visando à caracterização anatômica da madeira e sua interpretação em termos funcionais. S. commersoniana possui porosidade difusa, vasos solitários e múltiplos de dois a seis, com arranjo radial e placas de perfuração simples. Os vasos são pouco freqüentes (12-16-20/mm2), com diâmetro de 54-88-117 ?m e elementos de vaso com comprimento 164-602-1025 ?m. As fi bras libriformes têm 656-1222-2050 ?m de comprimento, 10-26-42 ?m de largura, e paredes delgadas a espessas (1,0-2,8-5,1 ?m). Fibras gelatinosas são freqüentes. Ocorre parênquima apotraqueal difuso em agregados, e paratraqueal escasso. Os raios, unisseriados, têm 164-805-2787 ?m de altura e 12-22-35 ?m de largura. Células perfuradas de raio são freqüentes, bem como máculas contendo grãos de amido. Estes também ocorrem no parênquima radial e no axial. A espécie desenvolve lenho de tensão em árvores inclinadas. A maioria dos caracteres observados coincide com descrições disponíveis para o gênero e a família a que a espécie pertence. Algumas características qualitativas são discutidas quanto às suas possíveis funções e implicações para a auto-ecologia da espécie.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/27086/1/v24n3a18.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherActa Botanica Brasilica, v. 24, n. 3, p. 747-755, 2010.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.subjectBranquilhopt_BR
dc.subjectSebastiana commersoniana.pt_BR
dc.titleAnatomia da madeira de Sebastiana commersoniana (Baillon) Smith & Downs (Euphorbiaceae): aspectos funcionais e ecológicos.pt_BR
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2015-02-23T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroAnatomiapt_BR
dc.subject.thesagroMadeira.pt_BR
dc.ainfo.id865183pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2015-02-23pt_BR
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
v24n3a18.pdf4,34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace