Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/872949
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Mandioca e Fruticultura - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2010
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: LIMA, M. L. B. de
RODRIGUES, M. J. da S.
ALBUQUERQUE, M. F. de
LESSA, L. S.
RONCATTO, G.
ALVARES, V. de S.
SOARES FILHO, W. dos S.
Additional Information: Magda Laiara Bezerra de Lima, UFAC; Maria Júlia da Silva Rodrigues, UFAC; Marina Farias de Albuquerque, UFAC; LAURO SARAIVA LESSA, CPAF-AC; GIVANILDO RONCATTO, CPAMT; VIRGINIA DE SOUZA ALVARES, CPAF-AC; WALTER DOS SANTOS SOARES FILHO, CNPMF.
Title: Desenvolvimento vegetativo de laranjeiras 'Pêra' e 'Valência' sobre diferentes porta-enxertos.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 21., 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. 1 CD-ROM.
Language: pt_BR
Notes: pdf 748
Description: A citricultura é um dos setores do agronegócio de maior competitividade e potencial de crescimento no cenário brasileiro. O Brasil detém 30% da produção mundial de laranja e 59% da de suco de laranja (NEVES;JANK, 2006). O cultivo de citros no estado do Acre ocupa uma área aproximada de 609 ha de laranja (IBGE, 2009). Segundo Ledo et al. (1996), mesmo o estado apresentado boas condições edafoclimáticas para a exploração da cultura, a produção de laranjas não atende à demanda exigida pelo mercado local. De acordo com Ritzinger et al. (1992), dentre outros fatores, a utilização de um único porta - enxerto constitui fator limitante para o desenvolvimento local desta cultura.
Thesagro: Fruta Cítrica
Hibrido
Porta Enxerto
Variedade.
Data Created: 2011-01-13
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPMF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ID27119pdf748.pdf25,22 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace