Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/873568
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMATTOS, L. A.pt_BR
dc.contributor.authorAMORIM, T. B. dopt_BR
dc.contributor.authorFERREIRA, C. F.pt_BR
dc.contributor.authorLEDO, C. A. da S.pt_BR
dc.contributor.authorAMORIM, E. P.pt_BR
dc.contributor.authorCOELHO, M. F.pt_BR
dc.contributor.authorPEREIRA, V. M.pt_BR
dc.date.accessioned2011-07-06T01:01:55Z-
dc.date.available2011-07-06T01:01:55Z-
dc.date.created2011-01-19pt_BR
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.citationIn: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 21., 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/873568pt_BR
dc.descriptionEntre os vários fatores limitantes da produção vegetal, o déficit hídrico ocupa posição de destaque, pois além de afetar as relações hídricas nas plantas, alterando-lhes o metabolismo, é um fenômeno que ocorre em grandes extensões de áreas cultiváveis.Os caracteres fisiológicos e/ou bioquímicos para seleção auxiliam os estudos de melhoramento genético na obtenção de materiais com tolerância a condições de seca. Dentre os parâmetros têm sido estudados para avaliar a resposta ao estresse hídrico, destacam-se a condutância estomática e a temperatura foliar (CASCARDO et al., 1993). Por ser um vegetal essencialmente de trópico úmido, a bananeira pode ser cultivada em todas as zonas agroecológicas localizadas entre 30º de latitude Norte e Sul, onde as temperaturas se situam entre os limites de 10oC e 40oC, sendo a temperatura ótima em torno de 28oC (CAYÓN SALINAS, 2004). A temperatura e a altitude estão diretamente correlacionadas ao crescimento da bananeira devido ao fato que exercem efeito sobre a velocidade da maioria dos processos metabólicos, influenciando o ciclo vegetativo e a atividade fotossintética e a respiratória.pt_BR
dc.languagePortuguespt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectMusa ssppt_BR
dc.subjectDéficit hídricopt_BR
dc.titleVariação da condutância estomática em variedades comerciais de bananeira (musa spp.).pt_BR
dc.typeArtigo em anais e proceedingspt_BR
dc.date.updated2011-07-06T01:01:55Zpt_BR
dc.subject.thesagroBananapt_BR
dc.subject.thesagroMelhoramento Genético Vegetalpt_BR
dc.description.notespdf 1869pt_BR
riaa.ainfo.id873568pt_BR
riaa.ainfo.lastupdate2011-07-05pt_BR
dc.contributor.institutionLorenna Alves Mattos, UFRB; Tamyres Barbosa do Amorim, UFRB; CLAUDIA FORTES FERREIRA, CNPMF; CARLOS ALBERTO DA SILVA LEDO, CNPMF; EDSON PERITO AMORIM, CNPMF; MAURICIO ANTONIO COELHO FILHO, CNPMF; Valquiria Martins Pereira, UFRB.pt_BR
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPMF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ID27203pdf1869.pdf26,54 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace