Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/876195
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSANTOS, R. C. dospt_BR
dc.contributor.authorREGO, G. M.pt_BR
dc.contributor.authorSILVA, A. P. G. dapt_BR
dc.contributor.authorVASCONCELOS, J. O. L.pt_BR
dc.contributor.authorCOUTINHO, J. L. B.pt_BR
dc.contributor.authorMELO FILHO, P. de A.pt_BR
dc.contributor.otherROSEANE CAVALCANTI DOS SANTOS, CNPApt_BR
dc.contributor.otherJOÃO L. B. COUTINHO, Instituto Agronômico de Pernambucopt_BR
dc.contributor.otherPÉRICLES DE A. MELO FILHO, UFRPE.pt_BR
dc.contributor.otherJOSÉ O. L. VASCONCELOS, Empresa Baiana de Desenvolvimento Agropecuáriopt_BR
dc.contributor.otherASTROGILDO P. G. DA SILVA, Empresa Baiana de Desenvolvimento Agropecuáriopt_BR
dc.contributor.otherGIZELDA MAIA REGO, CNPFpt_BR
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2011-02-08pt_BR
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.other47870pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/876195pt_BR
dc.descriptionOnze linhagens avançadas de amendoim, eretas e rasteiras, foram conduzidas em condições de sequeiro, em quatro estados nordestinos, visando-se avaliar a produtividade em vagens e sementes. Os ensaios foram conduzidos no período de 2005 a 2007, nos municípios de Araripina e Parnamirim, PE, Lagarto, SE, Cruz das Almas e Caetité, BA, Campina Grande e Itabaiana, PB. O delineamento experimental adotado foi em blocos ao acaso, com 13 tratamentos, constituídos de oito linhagens eretas e cinco rasteiros, com cinco repetições. As variáveis analisadas foram produtividades de vagens e de sementes. Em referência à análise estatística, realizaram-se análises de variância individual e conjunta e se adotou o teste de Tukey (p < 0,05) para comparação das médias dos tratamentos. A cultivar BR 1 foi utilizada como testemunha entre os genótipos eretos. A linhagem ereta LN-1B apresentou maior produção de vagens entre as demais do grupo, com 2.450 kg ha-1, superando a média em 22% e a BR 1, em 11%; a produtividade média em sementes situou-se em 1.665 kg ha-1, correspondendo a 21% acima da média do grupo e 10% acima da BR 1. Entre as linhagens rasteiras as médias de produtividade em vagens e em sementes foram consideradas baixas nas condições estudadas destacando-se, contudo, LI-3, LI-5 e LI-1, que produziram em média entre 1.722 kg ha-1 e 1.154 kg ha-1, e superaram a média do grupo em 9.8 e 10%, respectivamente.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/26590/1/GIZELDA.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherRevista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n. 6, p. 589-593, 2010.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.subjectAmendoinpt_BR
dc.subjectTolerância a seca.pt_BR
dc.titleProdutividade de linhagens avançadas de amendoim em condições de sequeiro no Nordeste brasileiro.pt_BR
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2015-02-23T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroArachis Hypogaeapt_BR
dc.subject.thesagroMelhoramento.pt_BR
dc.ainfo.id876195pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2015-02-23pt_BR
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GIZELDA.pdf71,38 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace