Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/888860
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorEBELING, A. G.
dc.contributor.authorANJOS, L. H. C. dos
dc.contributor.authorPEREZ, D. V.
dc.contributor.authorPEREIRA, M. G.
dc.contributor.authorGOMES, F. W. de F.
dc.date.accessioned2021-11-03T15:00:27Z-
dc.date.available2021-11-03T15:00:27Z-
dc.date.created2011-05-18
dc.date.issued2011
dc.identifier.citationRevista Brasileira de Ciência do Solo, v. 35, n. 2, p. 325-336, abr. 2011.
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/888860-
dc.descriptionA dinâmica e os atributos da matéria orgânica do solo (MOS) há muito vêm sendo estudados em solos minerais. Entretanto, em condições tropicais, poucos estudos envolvem os solos orgânicos e a caracterização das substâncias húmicas (SH), ou sua relação com atributos químicos relevantes, para avaliar o potencial agrícola. Os objetivos deste estudo foram: avaliar atributos químicos de Organossolos Háplicos de diferentes regiões do Brasil; quantificar o teor de C orgânico no solo e nas frações da MOS; e avaliar as relações entre esses atributos em cada ambiente de formação. Foram avaliados os atributos químicos e quantificados os teores de C orgânico total e das frações da MOS (ácido fúlvico - C-FAF, ácido húmico - C-FAH e humina - C-HUM), bem como as relações C-FAH/C-FAF, C-EA/C-HUM, em que C-EA (carbono do extrato alcalino) é obtido pelo somatório de C-FAF e C-FAH. Os Organossolos apresentaram elevada acidez, saturação por bases abaixo de 50 % e elevada capacidade de troca catiônica potencial (T), embora com valores altos de Ca2+ e Mg2+ e de soma de bases, na maioria dos perfis. Os teores de C nas frações húmicas apresentaram correlação significativa com diferentes atributos dos solos, como entre os valores de C-FAH e de C-HUM e os teores de N, H+ e T. O C-HUM e o C-FAH predominaram sobre o C-FAF. A relação C-FAH/C-FAF foi menor nos horizontes mais superficiais, dos perfis com maior intensidade de uso ou efeito de queimadas, assim como os teores de matéria orgânica, C-HUM e C-FAH. Os atributos químicos e os teores de C nas substâncias húmicas refletiram o grau de transformação da MOS e alterações pelo uso agrícola, indicando a vulnerabilidade dos Organossolos.
dc.languagePortugues
dc.language.isopt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectBrasil
dc.subjectSubstâncias húmicas
dc.subjectOrganossolos háplicos
dc.titleAtributos químicos, carbono orgânico e substâncias húmicas em Organossolos háplicos de várias regiões do Brasil.
dc.typeArtigo de periódico
dc.identifier.doihttps://doi.org/10.1590/S0100-06832011000200004
dc.contributor.institutionADIERSON GILVANI EBELING, UFRRJ; LÚCIA HELENA CUNHA DOS ANJOS, UFRRJ; DANIEL VIDAL PEREZ, CNPS; MARCOS GERVASIO PEREIRA, UFRRJ; FRANCISCO WAGNER DE FREITAS GOMES, UFRRJ.
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Atributos-quimicos-carbono-organico-e-substancias-humicas-2011.pdf2,12 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace