Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/889535
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMALHADO, C. H. M.pt_BR
dc.contributor.authorLOBO, R. N. B.pt_BR
dc.contributor.authorMARTINS FILHO, R.pt_BR
dc.contributor.authorFACÓ, O.pt_BR
dc.contributor.authorAZEVEDO, D. M. M. R.pt_BR
dc.contributor.otherCarlos Henrique Mendes Malhado, Universidade Federal do Ceará - UFC, Fortaleza - CE; RAIMUNDO NONATO BRAGA LOBO, CNPC; Raimundo Martins Filho, UFC - Fortaleza, CE.; Olivardo Facó, UFC - Fortaleza, CE.; Danielle Maria Machado Ribeiro Azevedo, UFC - Fortaleza, CE.pt_BR
dc.date.accessioned2011-05-25T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-05-25T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2011-05-25pt_BR
dc.date.issued2004pt_BR
dc.identifier.other24220pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/889535pt_BR
dc.descriptionO objetivo deste trabalho foi estudar o efeito da covariância entre os efeitos direto e materno sobre as estimativas dos parâmetros genéticos e nas predições dos valores genéticos, direto e materno, para a característica dias para ganhar 160 kg (D160) na fase prédesmama. Os parâmetros e as predições dos valores genéticos foram estimados utilizando o aplicativo MTDFREML. O modelo 1 incluiu os efeitos genéticos direto e materno e de ambiente permanente, além do efeito fixo de grupo contemporâneo e da covariável idade da vaca ao parto, assumindo a covariância entre o efeito direto e materno (?am?0); o modelo 2, considerou os mesmos efeitos do modelo 1, mas a covariância entre os efeitos direto e materno foi considerada nula (?am=0). As estimativas de correlação de classificação dos animais pelos valores genético foram realizadas utilizando a correlação de Spearman. As estimativas de herdabilidade direta e materna para D160 foram respectivamente, 0,12 ± 0,01 e 0,09 ± 0,02, sob o modelo 1, e 0,12 ± 0,01 e 0,07 ± 0,02, sob o modelo 2. A correlação genética entre os efeitos direto e materno foi de -0,14 ± 0,12 (modelo 1). A inclusão da covariância entre os efeitos direto e materno nos modelos de análises não alterou a estimativa dos parâmetros genéticos e a classificação dos animais pela ordem dos valores genéticos estimados, quando se considerou toda a população. Entretanto, verificou-se que à medida que diminui a proporção de animais selecionados diminui a correspondência entre a classificação dos animais obtida pelos dois modelos.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/35406/1/API-Efeito-da-incorporacao.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherBrazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, v. 41, p. 14-19, 2004.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectCorrelação genéticapt_BR
dc.subjectCorrelação de Spearmanpt_BR
dc.subjectRankpt_BR
dc.subjectModelo animalpt_BR
dc.subjectRaça Nelore.pt_BR
dc.titleEfeito da incorporação da covariância entre os efeitos direto e materno sobre a análise para a característica dias para ganhar 160 Kg.pt_BR
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2011-11-28T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroBovinopt_BR
dc.subject.thesagroParâmetro Genético.pt_BR
dc.ainfo.id889535pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2011-11-28pt_BR
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
APIEfeitodaincorporacao.pdf180,93 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace