Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/901982
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2011
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: MARQUES, J. R. F.
MARTINEZ, A. M.
COSTA, M. R.
ALBUQUERQUE, M. S. M.
QUIROZ, J.
VEGA-PLA, J. L.
DELGADO, J. V.
Additional Information: JOSE RIBAMAR FELIPE MARQUES, CPATU; UNIVERSIDAD DE CÓRDOBA; MARIA ROSA TRAVASSOS DA ROSA COSTA, CPATU; MARIA DO SOCORRO MAUES ALBUQUERQUE, CENARGEN; INSTITUTO NACIONAL DE INVESTIGACIONES FORESTALES, AGRICOLAS Y PECUARIAS; CRÍA CABALLAR DE LAS FUERZAS ARMADAS; UNIVERSIDAD DE CÓRDOBA.
Title: Genetic diversity of brazilian buffaloes (Bubalus bubalis) using DNA microsatellites.
Publisher: Archivos de zootecnia, v. 60, n. 232, p. 1213-1221, 2011.
Language: en
Keywords: Variabilidade genética
Conservação de recursos genéticos
Marcadores moleculares
Description: Foi estudada a diversidade genética de búfalos do Brasil utilizando-se vinte e cinco marcadores microssatélites (CSSM41, CSSM8, CSRM60, CSSM33, BM1818, HEL13, MAF65, CSSME70, HSC, BRN, CSSM36, CSSM22, HAUT24, BM1824, SRCRSP8, TGLA227, ILSTS33, INRA23, BM8125, CSSM19, INRA37, CSSM66, ILSTS011, OarFCB48, SPS115). Foram analisadas amostras colhidas ao acaso de cinco populações, ou seja, raças Carabao, Jafarabadi, Mediterrâneo e Murrah, mais o tipo Baio. Em geral, os valores para a diferença entre as heterozigosidades (Ho - He) foram bastantes pequenas, significando equilíbrio nos marcadores utilizados para este tipo de estudo. Os valores do GST demonstraram um nível alto de diferenciação genética e os da estatística F: Fis (f), Fst (q) e Fit (F) demonstraram que os marcadores utilizados permitem inferir informações adequadas sobre as populações, podendo-se deduzir que os grupos Baio, Carabao, Jafarabadi e Mediterrâneo apresentam-se mais homogêneos que o grupo Murrah, o qual mostra níveis altos de endogamia. Os resultados dos estudos de distância genética mostraram que as populações de Baio, Mediterraneo e Murrah, agrupando-se em um cluster comum, demonstra alta similaridade genética, não obstante as suas divergências fenotípicas, confirmando que o grupo Carabao constitui uma diferente subespécie. Os resultados, principalmente das populações de Baio e Carabao, mostram o êxito do trabalho de conservação genética e a necessidade de se desenvolver novas estratégias para a conservação do germoplasma dos búfalos do Brasil.
Data Created: 2011-10-03
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GeneticDiversityBuffaloes.pdf131,19 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
CARACTBUFARCH2.pdf125,61 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace