Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/902150
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSAMENTO, J. L. R.pt_BR
dc.contributor.authorTORRES, R. de A.pt_BR
dc.contributor.authorSOUSA, W. H. dept_BR
dc.contributor.authorLOBO, R. N. B.pt_BR
dc.contributor.authorSOUSA, J. E. R. dept_BR
dc.contributor.authorCAVALCANTE NETO, A.pt_BR
dc.contributor.authorDO Ó, A. O.pt_BR
dc.contributor.otherJosé Lindenberg Rocha Sarmento, Universidade Federal do Piauí, Bom Jesus, PI, Brasil; Robledo de Almeida Torres, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG.; Wandrick Hauus de Sousa, Empresa de Pesquisa Agropecuária da Paraíba - EMEPA, João Pessoa, PB.; RAIMUNDO NONATO BRAGA LOBO, CNPC; José Ernandes Rufino de Sousa, Universidade Federal do Piauí, Bom Jesus, PI; Aderbal Cavalcante Neto, Universidade Estadual Paulista - UNESP, Jaboticabal, SP.; Alan Oliveira do Ó, Universidade Federal do Piauí, Bom Jesus, PI.pt_BR
dc.date.accessioned2011-10-04T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-10-04T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2011-10-04pt_BR
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.other24651pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/902150pt_BR
dc.descriptionUtilizaram-se 17.767 registros de pesos de 4.210 cordeiros da raça Santa Inês com o objetivo de avaliar a importância da inclusão do efeito materno nos modelos de estimação de componentes de (Co) variância e parâmetros genéticos resultantes para a curva de crescimento, por meio de modelos de regressão aleatória. As regressões fixas e aleatórias foram ajustadas por meio de polinômios de Legendre de ordem três, testando-se quatro modelos que diferiram quanto à inclusão dos efeitos genético aditivo materno e ambiente permanente materno. Observou-se considerável aumento no Log L e diminuição nos critérios AIC e BIC quando se adicionou o efeito materno (genético ou ambiente permanente), evidenciando sua importância. O efeito genético materno explicou maior proporção da variância fenotípica que o ambiente permanente materno ao longo da curva de crescimento. A variância genética aditiva direta estimada foi inflacionada pelo efeito materno, quando este não foi incluído no modelo de análise, refletindo o mesmo comportamento nas herdabilidades. O efeito de ambiente permanente materno contribuiu para a variância materna, como também, inflacionou variância genética materna, quando não foi considerado no modelo. Comportamento semelhantemente foi verificado com a herdabilidade materna. As correlações entre pesos nas diferentes idades estimadas pelos quatro modelos praticamente não diferiram em função da modelagem do efeito materno. O efeito materno deve ser considerado nos estudos genéticos da curva de crescimento da população em estudo. Maternal effect or growth curve of Santa Inês sheep by random regression models. Abstract - Data set of 17.767 weight records of 4.210 Santa Inês lambs were used aiming to evaluate the importance of the inclusion of the maternal effect in the model to estimate components of (Co) variance and resulting genetic parameters for the growth curve through random regression models. The fixed and random regressions were fitted using Legendre Polynomials of order three, being fit four models that differed in relation to the inclusion of the additive genetic and permanent environmental maternal effects. Considerable increase was observed in Log L and decrease in the criteria AIC and BIC when the maternal effect was included (genetic or permanent environmental), evidencing its importance. The maternal genetic effect explained larger proportion of the phenotypic variance than the maternal permanent environmental along the growth curve. The direct additive genetic variance was inflated by maternal effect, when this last one was not considered in the analysis model, reflecting the same behavior in the heritabilities. The maternal permanent environmental effect contributed to maternal variance, as well as, it inflated maternal genetic variance, when it was not considered in the model. Similar behavior was verified with maternal heritability. The correlation estimated for the four models hardly differed in function of maternal effect. The maternal effect should be considered in the genetic studies of the growth curve of Santa Inês sheep.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/42790/1/API-Efeito-materno.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherComunicata Scientiae, v. 2, n. 2, p. 113-121, 2011.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectPolinômios de Legendrept_BR
dc.subjectLegendre polynomial.pt_BR
dc.subjectAnimal geneticpt_BR
dc.subjectRaça Santa Inêspt_BR
dc.subjectModelo animalpt_BR
dc.subjectHerdabilidadept_BR
dc.subjectAnimal modelpt_BR
dc.titleEfeito materno sobre a curva de crescimento de ovinos Santa Inês por meio de modelos de regressão aleatória.pt_BR
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2019-09-23T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroOvinopt_BR
dc.subject.thesagroGenética animalpt_BR
dc.subject.thesagroCurva de crescimento.pt_BR
dc.subject.nalthesaurusSheeppt_BR
dc.subject.nalthesaurusHeritability.pt_BR
dc.ainfo.id902150pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2019-09-23 -03:00:00pt_BR
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
APIEfeitomaterno.pdf597,11 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace